Cidades
Falta do aterro no contrato gera atraso na entrega de ponte sobre o rio Jamari em Ariquemes
Estrutura da ponte orçada em R$ 5,2 milhões foi concluída em janeiro. DER informou que projeto de aterro está sendo finalizado e ponte deve ser inaugurada até o final de 2019.

Por G1 RO
Publicado 14/06/2019
A A

Um ano depois da previsão contratual, a nova ponte sobre o rio Jamari, na BR-421, em Ariquemes (RO), ainda está longe de ser inaugurada. A estrutura da ponte foi concluída em janeiro deste ano, mas como o aterro de acesso à ponte não constava no contrato inicial, os trabalhos estão paralisados.

De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos de Rondônia (DER-RO), responsável pela construção da ponte, o projeto do aterro está em fase de conclusão, para ser licitado em seguida.

“A parte de aterro não estava no contrato e está sendo elaborada no projeto, para poder ir para a contratação de uma empresa responsável na execução da obra. Pela nossa previsão, se tudo correr certo, o projeto ficará pronto no início de julho e seguirá para a licitação. Aí são dois a três meses para iniciar a obra”, explicou o diretor da 2ª Residência Regional de DER em Ariquemes, Hélio Antônio Oliveira.

Cabeceiras da ponte ainda devem construídas na BR-421 em Ariquemes — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Cabeceiras da ponte ainda devem construídas na BR-421 em Ariquemes — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Enquanto isso, muitos condutores relatam passar transtornos com a ponte atual, que está com problemas na estrutura. O motociclista Júlio César conta que quase sofreu um acidente em cima da ponte.

“Esses dias quase sofri um acidente por causa de um vergalhão que está exposto na pista. Preciso passar pela ponte todos os dias e todo dia é um transtorno. A gente precisa dessa nova ponte para facilitar o trânsito e evitar acidentes”, disse o trabalhador.

Construída há mais de 30 anos, a estrutura da atual ponte já não suporta o intenso fluxo de veículos que passa pela BR-421. Cada vez que passa algum veículo de carga pesada, a estrutura da ponte começa a balançar.

Motociclista disse que quase sofreu acidente devido a vergalhão exposto na ponte antiga na BR-421 em Ariquemes — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Por ser de mão única, os condutores precisam esperar os veículos que estão passando de um lado, para prosseguirem na travessia.

A rodovia dá acesso aos municípios de Monte Negro, Buritis e Campo Novo de Rondônia, mas a movimentação ficou ainda maior por conta da interdição da RO-459, que dá acesso a Alto Paraíso e Garimpo Bom Futuro. Com isso, os condutores utilizam a estrada federal para chegar até a RO-457, conhecido como Travessão B-40.

De acordo com o DER-RO, a previsão é de que a nova ponte seja inaugurada até o fim de ano. O departamento não informou o valor a mais que será gastos pelo projeto e execução do aterro de acesso à ponte.

Construção

A nova ponte começou a ser construída em fevereiro de 2017 e foi orçada em R$ 5,2 milhões. A nova travessia possui 120 metros de comprimento, 11,2 metros de largura e pista de mão dupla. A obra foi construída ao lado da atual ponte, que será utilizada para a travessia de ciclistas e pedestres.

O prazo inicial era de ser entregue em junho de 2018 e havia chegado aos 50% de execução em outubro de 2017.

Mas em agosto de 2018, o engenheiro responsável pela obra, Derson Celestino, informou que a estrutura sofreu com fatores da natureza e teve um desmoronamento de vigas, o que gerou atraso na construção.

“Houve um atraso de cerca de três meses devido ao desmoronamento de três vigas por conta do nível do rio ter subido muito rapidamente”, disse na época.

Passado o problema, os operários conseguiram concluir os 25% de execução restantes da estrutura da ponte em janeiro desse ano. ​

Fonte: G1 RO

Atraso   Obra   Ariquemes   Aterro  

Mais em Cidades

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.