Rondônia
Governo de Rondônia investe em tecnologia e inteligência no combate à corrupção
Para garantir a eficiência neste controle, foi necessária a criação e desenvolvimento de uma ferramenta de B.I (Business Intelligence), o ERP – Sugesp.

Por Cleiciano Galdino
Publicado 13/06/2019
Atualizado 13/06/2019
A A

O Governo do Estado tem trabalhado arduamente para racionalizar cada vez mais os gastos públicos essenciais. As primeiras ações, renderam aos cofres públicos uma economia superior a R$ 95 milhões. Os dados fazem parte das informações de análise dos 100 dias de gestão do governador Marcos Rocha anunciados em Março de 2019.

Através da Superintendência Estadual dos Gastos Públicos Administrativos (Sugesp) são controladas despesas com energia elétrica, combustível, produtos e equipes de limpeza, controle de diárias, passagens e publicidade. Além disso, é de responsabilidade da Sugesp a manutenção geral dos veículos do Estado e a Frota Única, serviços esses que exigem um controle mais rigoroso.

Para garantir a eficiência neste controle, foi necessária a criação e desenvolvimento de uma ferramenta de B.I (Business Intelligence), o ERP – Sugesp.

O SISTEMA

Utilizado para integrar processos, o sistema auxilia na organização dos dados, oferecendo aos gestores uma visão estratégica e detalhada de tudo o que acontece na operação, permitindo a correta distribuição de recursos, a otimização dos procedimentos e o direcionamento assertivo dos investimentos.

O ERP – Sugesp, dentro do governo, é um  sistema de gestão integrada para gerenciar todos os processos desde a entrada de insumos até o recebimento e demonstrativo de pagamento de diárias, passagens e combustível, referente a todas as atividades relacionadas ao Governo de Rondônia.

Por ele também é feito todo gerenciamento e acompanhamento dos contratos continuados.

Segundo o superintendente da pasta, Júnior Gonçalves, o sistema fornece, ainda, informações precisas de quem está viajando, qual o objetivo da viagem, qual a secretaria que mais realizou deslocamentos. “Em tempo real, os gestores conseguem visualizar destino de diárias, passagens, gastos essenciais, além de acessos à comparativos sobre períodos através de gráficos que ajudam nas tomadas de decisões”.

TECNOLOGIA NO COMBATE À CORRUPÇÃO

Seguindo a meta de redução dos gastos estabelecida em 20% por determinação do governador coronel Marcos Rocha, Junior Gonçalves explica que a Sugesp tem investido em novas tecnologias e inteligência para combater à corrupção dentro dos órgãos da administração pública, acabando com privilégios e gastos desnecessários

O ERP – Sugesp é parte de uma série de ações que visam extinguir antigos processos operacionais. “Acreditamos que a tecnologia é aliada para que possamos analisar muitos focos de corrupção. Hoje, contamos com um time de TI altamente qualificado focado no ERP, trabalhando incansavelmente para que o sistema seja cada vez mais eficiente e que o controle seja cada vez mais minucioso”, disse Júnior.

O  sistema tem passado diariamente por mudanças e atualizações significativas para se tornar um modelo de gestão padrão em todos os órgãos do Governo.

Fonte: Tudo Rondônia

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.