Geral
Acadêmicos de Biomedicina e Engenharia Ambiental levam conhecimento aos alunos do Ensino Médio

Assessoria de Imprensa
Publicado 12/06/2019
A A

Os resultados das pesquisas feitas por acadêmicos dos cursos de Biomedicina e Engenharia Ambiental da Unesc, em Vilhena, foram compartilhados com estudantes do ensino médio da Escola Marechal Rondon. Através de banners, maquetes e panfletos confeccionados pelos acadêmicos, os estudantes tiveram acesso a diversas informações importantes.
Os acadêmicos do curso de Biomedicina, por exemplo, apresentaram diversas informações sobre coleta e análise de água, seguindo a Resolução 357 do Conama - Conselho Nacional do Meio Ambiente. E tudo isso relacionando a qualidade da água com doenças de veiculação hídrica. A atividade fez parte da Atividade Prática Supervisionada da disciplina de Análise Ambiental. 
Já os estudantes do 3º período de Engenharia Ambiental elaboraram um banner completo para a disciplina de Ciência, Métodos e Técnicas de Pesquisa, além de uma maquete para a disciplina de Física II e Cálculo III. O tema dos trabalhos foram as diferentes formas de geração de energia. 
Por sua vez, os acadêmicos do 7º período de Engenharia Ambiental elaboraram, para a disciplina de Saúde Ambiental, panfletos envolvendo doenças de veiculação hídrica. Também fez parte das pesquisas a forma como um biodigestor pode contribuir para a diminuição das mesmas. 
“Tais atividades são extremamente importante tanto para os estudantes da faculdade, como do Ensino Médio, pois os acadêmicos podem colocar em prática os conteúdos teóricos de sala de aula e os estudantes do Colégio Marechal puderam vivenciar a importância da preservação dos recursos naturais, com um enfoque na água”, destacou o coordenador do curso de Engenharia Ambiental e também professor no curso de Biomedicina, Dr. Gabriel de Paula Paciência. 
Para o professor Me. Maurício Veiga, o empenho dos acadêmicos na confecção das maquetes e de todos os trabalhos trouxe para os mesmos a exploração do conhecimento fora da sala de aula. “O fato de projetar uma maquete, estudar conceitos físicos relacionados a cada tipo de usina e simular o funcionamento das mesmas na prática, coloca o acadêmico como um estudante mais ativo e o aproxima da realidade de sua formação”, completa.
 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Conhecimento   Acadêmicos   Unesc   Biomedicina   Engenharia Ambiental   Ensino Médio  

Mais em Geral

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.