Esporte
FFER, CBF e Prefeitura de Porto Velho se unem em prol do projeto Gol do Brasil
Iniciativa vai beneficiar 240 crianças da capital rondoniense

Por FFER
Publicado 22/07/2021
Atualizado 22/07/2021
A A
Foto: Alexandre Almeida

A FFER (Federação de Futebol do Estado de Rondônia, CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e a prefeitura de Porto Velho se uniram na manhã desta quinta-feira em prol do projeto Gol do Brasil. A iniciativa é um dos programas inseridos através do CBF Social, o qual irá beneficiar 240 crianças da capital rondoniense.

Participaram da reunião: a coordenadora de Projetos de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da CBF, Eliana Mutchnik; o presidente da FFER, Heitor Costa, o secretário geral, Fabrício Medeiros; o secretário executivo Leandro Bratti; o coordenador Jair Júnior; a secretária municipal de Esporte e Lazer da Prefeitura de Porto Velho, Ivonete Gomes; assessor executivo, José Robério Alves Gomes; além do diretor de Esporte e Lazer, Silvio Ricardo.

Inicialmente, o projeto irá capacitar 40 profissionais que estarão aptos a executarem atividades com crianças e adolescentes de 6 a 17 anos em uma atividade que tem aval da Unesco e reforça a ação dessa atividade por meio de um acordo de cooperação internacional. A ideia é que os profissionais estejam aptos para o início da atividades já no mês de setembro.

A apresentação do projeto foi realizada pela coordenadora de Projetos de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da CBF, Eliana Mutchnik, a qual destacou a preocupação da entidade na formação de novos cidadãos. "A CBF tem demonstrado cuidado também com as crianças, com os valores que o esporte imprime e é importante que elas tenham acesso a educação e cidadania através do futebol", frisou Eliana.

Heitor Costa pontuou o estreitamento da parceria com a prefeitura de Porto Velho o qual tornará um facilitador a mais para a realização do projeto. "As parcerias sempre são bem-vindas e estou convicto que este será um pontapé de desenvolvimento esportivo em nossa capital. Estou satisfeito pela inauguração dupla que teremos já em setembro tanto do Centro de Treinamento do legado da Copa quanto do projeto Gol do Brasil", destacou Heitor.

A secretária municipal de Esporte e Lazer, Ivonete Gomes, agradeceu o convite da FFER para ser parceira no projeto. "É um termo de cooperação técnica que vai ser um mecanismo de transformação social em nosso município", frisou Ivonete.

Além de jogar futebol, os jovens vão aprender em aulas teóricas valores propagados pelo projeto, como as dez habilidades para a vida, estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU): autoconhecimento, resolução de problemas, tomada de decisão, pensamento criativo, relacionamento interpessoal, comunicação eficaz, empatia, lidar com sentimentos, lidar com estresse e pensamento crítico.

No âmbito do projeto em Porto Velho, a CBF será a responsável por qualificar os instrutores com a Licença S da CBF Academy, voltada para projetos sociais, além de realizar todo o acompanhamento anual das atividades desempenhadas pelo projeto Gol do Brasil e também fornecer o material para as aulas. Já a Secretaria municipal de Esporte e Lazer disponibilizará os profissionais, e a FFER (Federação de Futebol do Estado de Rondônia) vai ceder o local para revelação de talentos através do Centro de Treinamento.

Fonte: FFER

Projeto   Gol do Brasil   Porto Velho   CBF   FFER   Responsabilidade Social  

Mais em Esporte

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.