Rondônia
Equipe da Agevisa reforça conhecimento sobre programas de enfrentamento à doenças virais, em Sergipe
Profissionais da Agevisa adquirem conhecimento de ações desenvolvidas nos serviços da Saúde de Sergipe

Por Jaqueline Malta
Publicado 16/07/2021
Atualizado 16/07/2021
A A
Edilson Batista

O Governo de Rondônia, por meio da Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa) tem buscado, cada vez mais, inovação e aperfeiçoamento de serviços no enfrentamento à doenças virais, em prol da Saúde da população. Foi com esse objetivo que a equipe técnica da Agevisa fez a visita aos serviços de referência do Programa Estadual de IST, HIV/AIDS e hepatites, nesta semana, em Aracaju (SE).

O estado de Sergipe foi escolhido pelo Departamento Nacional de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis do Ministério da Saúde (MS), pela atuação ativa e eficiente no agravo. Os profissionais de Rondônia estão conhecendo de perto, as experiências exitosas desenvolvidas nos serviços de enfrentamento à sífilis adquirida, em gestantes e congênitas.

De acordo com o diretor executivo da Agevisa, Edilson Batista, a ação foi planejada conforme o Termo de Cooperação Técnica da Agevisa, Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde (MS). Com o diálogo formado e a coleta de dados dos trabalhos realizados pela Secretaria de Saúde de Sergipe, a Agevisa vai melhorar o serviço realizado em Rondônia, ampliando as ações de vigilância epidemiológica e atenção primária a saúde.

“Vamos levar melhorias nas ações de prevenção, notificação, investigação, controle e qualificação do banco de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) e qualificar a linha de cuidado no atendimento às gestantes e recém-nascidos com vistas a eliminação da transmissão vertical da sífilis no Estado. Sergipe foi direcionado pelo MS, pelos trabalhos realizados com excelência. As estratégias que deram certo e trouxerem ótimos resultados, serão planejadas para inserção nas atividades em Rondônia, como: carro camisildo, ações educativas, controle de pacientes, busca ativa nas maternidades entre outras”, detalhou Batista.

A equipe técnica da Agevisa, composta por cinco profissionais da Saúde, retorna de Sergipe com a bagagem carregada de conhecimentos e estratégias a serem postas em prática, o mais breve possível.

Batista comenta ainda que essa é uma das diretrizes do Poder Executivo em primar pelo bem-estar da população, por meio de ações assertivas, trazendo como referência modelos que deram certo em outros estados e que podem ser aplicados no âmbito da Saúde rondoniense.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia

Saúde   Agevisa   Departamento Nacional   Doenças Virais   Condições Crônicas   Programa Estadual   Rondônia   Sergipe   Governo   Agência  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.