Polícia
Baleado na cabeça, vilhenense de 18 anos morre em Cacoal; família inteira quase foi assassinada por dívida de R$ 20
Casa dos parentes foi invadida dois meses antes de o rapaz ser assassinado

Por Folha do Sul Online
Publicado 08/07/2021
Atualizado 08/07/2021
A A
Foto: Reprodução/Folha do Sul Online

Faleceu na noite de ontem, no Hospital de Emergência e Urgência de Rondônia (Heuro), em Cacoal, o vilhenense cujas iniciais [U. T. R.]. Ele tinha 18 anos e estava internado na unidade há 10 dias.

Baleado na cabeça no Setor 19, em Vilhena, no dia 27 de junho, o jovem foi transferido para Cacoal em estado grave. Ontem, após os médicos constatarem sua morte encefálica, ele foi a óbito clínico pouco depois. O corpo já está sendo trazido para Vilhena, onde acontecerá o sepultamento.

FAMÍLIA QUER JUSTIÇA

Em contato com um familiar do jovem assassinado, a reportagem apurou que havia um amigo dele no momento da execução. Esse mesmo rapaz não chegou a reagir ao ver o jovem sendo morto friamente e, desde então, não é mais encontrado na cidade.

Câmeras próximas ao local do homicídio também podem ter registrado a identidade do atirador, que até agora não foi localizado. A família cobra mais agilidade nas investigações para que o assassino seja levado à justiça.

TRAGÉDIA EVITADA

Dois meses antes de Ualison ser executado, um rapaz armado invadiu a casa onde ele morava à procura de seu irmão. O homem apontou o revólver para os que estavam no local e ameaçou matar todo mundo por causa de uma dívida de R$ 20.

Para resolver o problema e evitar novas ameaças, a família resolveu quitar o débito do irmão de [U. T.], mas ainda não sabe se o primeiro episódio tem ligação com o segundo, que foi fatal.

Fonte: Folha do Sul Online

Não Resistiu   Vilhenense   Rondônia   Heuro   Cacoal   JOVEM   Baleado  

Mais em Polícia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.