Polícia
Bombeiro Militar de Rondônia é preso em Mato Grosso após agredir mulher que havia conhecido em aplicativo de relacionamento
Militar confessou agressão e disse que havia “perdido a cabeça”

Por Folha Max
Publicado 24/06/2021
Atualizado 24/06/2021
A A
Foto: Reprodução/Folha Max

O oficial cujas iniciais [M. G. R.], 36 anos, do Corpo de Bombeiros de Rondônia, foi preso na madrugada desta quinta-feira (24), em Várzea Grande (MT), por agredir uma mulher que conheceu num aplicativo de relacionamento. Segundo as informações, ele veio a Mato Grosso apenas para conhecer a vítima.

O boletim de ocorrência descreve que o casal estava próximo ao restaurante Mirante das Águas, onde iniciaram a discussão. Segundo consta no boletim de ocorrência, testemunhas acionaram a Polícia Militar após o casal chegar às vias de fato no meio da rua.

Quando a guarnição chegou ao local, os dois estavam bastantes exaltados e visivelmente embriagados. Na delegacia, o homem confessou que acabou perdendo a cabeça e agredindo a mulher.

Ele contou que só estava na cidade para conhecer a vítima. Ambos já estavam se falando há algum tempo pelo celular, mas ainda não haviam se visto pessoalmente.

O militar foi detido por lesão corporal pela Lei Maria da Penha. Ele deve passar por audiência de custódia.

A reportagem apurou que, embora seja natural de Mato Grosso, o agressor é lotado na corporação militar em Porto Velho.

Fonte: Folha Max

VIOLÊNCIA   MATO GROSSO   Rondônia   Bombeiro   Relacionamento   Mulher   AGRESSÃO  

Mais em Polícia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.