Agronegócio
CITROS: Baixa oferta impulsiona preço da tahiti; laranja se desvaloriza

Por Cepea
Publicado 11/06/2021
A A
Shutterbug75/Pixabay

Os preços da lima ácida tahiti seguem em alta, impulsionados pela menor oferta da variedade no mercado. Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a variedade registrou média de R$ 18,97/cx de 27 kg, colhida, aumento de 14,1% frente à do período anterior. Segundo colaboradores do Cepea, a demanda industrial tem auxiliado no controle da disponibilidade da tahiti e, principalmente, na seleção das melhores frutas para o segmento in natura – atualmente, três processadoras de pequeno porte estão recebendo a fruta (nas cidades paulistas de Duartina, Engenheiro Coelho e Itajobi), remunerando de R$ 20,00 a R$ 22,00/cx de 40,8 kg, colhida e posta na fábrica. Já para a laranja do  mercado in natura, apesar de o início do mês tipicamente elevar a demanda, a frente fria que vem passando pelo estado de São Paulo limitou a procura pela fruta nos últimos dias. Na parcial desta semana, a média da laranja pera está em R$ 32,23/cx de 40,8 kg, na árvore, queda de 4,1% frente à da semana passada.

Fonte: Cepea

Lima ácida   Tahiti   Alta   Variedade   laranja   baixa oferta   Preço  

Mais em Agronegócio

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.