Agronegócio
MANDIOCA: Influenciada pelo clima e pela demanda elevada, média semanal sobe 1,7%

Por Cepea
Publicado 17/05/2021
A A
Pixabay/falco

As cotações da raiz de mandioca subiram por mais uma semana, devido à oferta limitada e à demanda aquecida. Segundo colaboradores do Cepea, o déficit hídrico permanece, visto que as chuvas registradas na última semana foram isoladas e em baixo volume, dificultando os trabalhos no campo, principalmente a colheita. Ao mesmo tempo, com a melhora nos mercados dos derivados, a demanda industrial seguiu fortalecida, resultando em maior disputa entre as empresas, inclusive entre diferentes regiões. Assim, entre 10 e 14 de maio, a média nominal a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia avançou 1,7% frente à da semana anterior, para R$ 470,94 (R$ 0,8190 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg). Em termos reais (deflacionamento pelo IGP-DI), esse valor supera em 12,6% o de igual período do ano passado.

Fonte: Cepea

MANDIOCA   Oferta Limitada   cotações   Raiz  

Mais em Agronegócio

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.