Rondônia
Boa comunicação entre Energisa e fábrica de refrigerante viabiliza obra sem impacto para outros clientes
Ferramenta evitou que 590 famílias ficassem sem energia por cinco horas durante obra da fábrica

Por Assessoria
Publicado 13/05/2021
Atualizado 13/05/2021
A A
Foto: Assessoria

A boa comunicação e a parceria entre a Energisa e uma fábrica de refrigerantes de Cacoal permitiu a instalação de uma caixa d’água sem nenhum impacto para a comunidade do entorno da planta fabril. Pelo projeto, seria necessário desligar a rede elétrica, prejudicando o fornecimento para 590 famílias. Ao receber o comunicado da empresa, porém, a concessionária aplicou no local uma tecnologia que permite transpor o ponto da rede afetado pelo evento, sem nenhum impacto para o restante do ramal.

Coordenador de Manutenções da Energisa na região, Loureman Carlos Azevedo, explica que a tecnologia, chamada de mega jumper (super saltador, em tradução livre), tem alto custo de operação. Mesmo assim, a concessionária utiliza a tecnologia nos casos que as condições técnicas e de segurança permitem para preservar o fornecimento aos clientes.  Para isso, porém, ele lembra que é importante que os clientes informem a concessionária sobre obras em que há risco de contato com a rede elétrica, mesmo as particulares, para evitar acidentes. O cliente deve entrar em contato com a concessionária através do 0800 647 0120 ou em uma agência de atendimento presencial com antecedência de um mês. “Um técnico vai até o local e avalia se há risco e necessidade de interrupção de fornecimento. Nesse caso, a estrutura tinha 12 metros de altura e foi içada por cima da rede elétrica. Poderia ocorrer a queda, interrompendo fornecimento, e até mesmo um curto-circuito provado pelo metal da caixa d’água em contato com a rede”, completa.

Conheça as tecnologias utilizadas pela Energisa

O Mega Jumper é um reboque equipado com cabo blindado e isolado eletricamente para 15 e 25 kV, com componentes e terminações apropriadas para conexão. O equipamento cria um circuito temporário na rede elétrica, como um caminho alternativo para energia passar, mantendo o fornecimento de energia para os clientes ligados naquele circuito.  Pode ser utilizado em sistemas urbanos de média tensão, considerando os aspectos técnicos, e com até 300 metros de comprimento de cabos. No site www.energisajuntos há mais informações sobre as tecnologias que a Energisa utiliza nas manutenções preventivas e construção de novas redes elétricas, bem como o pacote de investimento de R$ 747, 5 milhões para Rondônia durante 2021.

Fonte: Assessoria

Rede Elétrica   Cacoal   Energisa   Cacoal   Fábrica  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.