Polícia
Veja o Vídeo: Operação da PF prende 10 pessoas; líder foi preso escondido em fundo falso

Por Rondoniagora
Publicado 28/04/2021
A A
Foto: Reprodução/Rondoniagora

Dez pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira (28), durante a Operação Criptonita, deflagrada pela Polícia Federal para cumprir 31 mandados judiciais expedidos contra membros de uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas. As cautelares foram cumpridas em Rondônia, Mato Grosso, Bahia, Espírito Santo e Paraná.

Segundo o superintendente regional da PF em Rondônia, Agostinho Gomes Cascardo, 9 pessoas investigadas foram presas preventivamente durante a operação e uma foi presa em flagrante com maconha, durante o cumprimento de mandado de busca em Curitiba.

Em Rondônia, dois mandados de prisão e quatro de busca e apreensão foram cumpridos em Ariquemes e outro em Vilhena.

O superintendente informou que o chefe da organização criminosa foi preso na cidade de Teixeira de Freitas, na Bahia. “Ele foi encontrado escondido em um local de fundo falso, uma espécie de porão construído na casa, onde havia um cofre e circuito interno de TV, usado para monitorar as câmeras de segurança da residência”, detalhou Agostinho Gomes Cascardo.

O delegado Hévelin Rodrigues explicou que o chefe da organização criminosa importava cocaína da Bolívia através do Orcrim estabelecida em Ariquemes e maconha do Paraguai, que passava pelo Estado do Paraná, até chegar no Espirito Santo.

Na casa do chefe da Orcrim, os policiais apreenderam um veículo e documentos pertinentes à lavagem de capitais do tráfico de drogas.

A Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 8,5 milhões da conta dos investigados pela Polícia. Os agentes apreenderam dinheiro em espécie, cheque, joias e oito automóveis.

De acordo com a PF, as investigações foram iniciadas em fevereiro de 2019 com a finalidade de identificar a participação dos integrantes da organização criminosa (Orcrim) sediada na região de Ariquemes com cadeia de comando devidamente dividida e estruturada, voltada a prática do tráfico de drogas oriundas da Bolívia e remessa ao Estado do Espírito Santo.

Diante dos fatos apurados, foi possível frustrar quatro remessas de droga dentre cloridrato de cocaína e maconha da organização criminosa totalizando cerca de uma tonelada de substâncias ilícitas apreendidas em flagrantes realizados nas cidades de Rosário d’Oeste (MT), Vilhena (RO), Cachoeiro do Itapemirim (ES) e Mimoso do Sul (ES).

Fonte: Rondoniagora

Operação CRIPTONITA   Polícia Federal   Rondônia   Organização Criminosa   Mandados Judiciais  

Mais em Polícia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.