Rondônia
Em Machadinho, produtores de leite protestam após laticínios reduzirem preço do produto e, durante confusão, polícia usa spray de pimenta em manifestantes; veja vídeos
Laticínios alegam que o consumo diminuiu na pandemia

Por Extra de Rondônia
Publicado 14/04/2021
Atualizado 14/04/2021
A A
Foto: Reprodução/Extra de Rondônia

Desde a manhã de segunda-feira, 12, os produtores de leite da região de Machadinho do Oeste, estão protestando contra os laticínios, que reduziram em R$ 0,60 centavos o valor pago pelo litro do produto.

A reportagem conversou por telefone com um produtor que falou sobre a situação que está caótica e a violência empregada pela polícia contra eles.

Todavia, há na região aproximadamente 8 mil produtores que vendiam o litro do leite por R$ 1,80 e agora os laticínios sem aviso prévio reduziram o valor para R$ 1,20 – ou seja, uma perca no valor de R$ 0,60 centavos por litro, causando forte prejuízo aos produtores.

Por conta disso, os produtores se reuniram e resolveram bloquear as estradas para que os caminhões coletores não chegassem aos reservatórios e, com isso, estão tentando negociar com os laticínios, que alegaram que devido a pandemia as vendas despencaram e não há como segurar o mesmo valor.

Contudo, um dos laticínios da cidade de Machadinho do Oeste, chamou a Polícia Militar para desbloquear a estrada de acesso aos tanques, mas houve impasse e os produtores se recusaram a liberar a via, com isso, a polícia usou spray de pimenta para dispensar os manifestantes. Entretanto, há informação que os militares também dispararam tiros de borracha.

 

Fonte: Extra de Rondônia

Protesto   Polícia Militar   PRODUTORES   Valor Pago   Laticínios  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.