Rondônia
Rondônia participa de mobilização nacional para busca e defesa da criança e do adolescente desaparecidos
Semana de Mobilização busca orientar a sociedade sobre como proceder em caso de desaparecimento da criança ou adolescente

Por Veronilda Lima
Publicado 26/03/2021
Atualizado 26/03/2021
A A
Foto: Daiane Mendonça

Com a divulgação de ferramentas e legislações que conscientizam e auxiliam a população na busca de crianças e adolescentes desaparecidos, o Governo de Rondônia participa, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), da Semana de Mobilização Nacional para Busca e Defesa da Criança e Adolescente Desaparecidos, iniciada nessa quinta-feira (25).

Instituída pela Lei nº 12.393, de 4 de março de 2011, a Semana de Mobilização acontece anualmente no Brasil, no período de 25 a 31 de março. Diversas são as causas de desaparecimento de crianças e adolescentes, como por exemplo, a exploração sexual infantil, trabalho escravo infantil, adoção ilegal, uso de álcool e outras drogas por crianças e adolescentes, fugas por causa de violência doméstica, tráfico de crianças, sequestros e raptos.

Para que o número de casos de desaparecimentos não aumente mais, orienta-se a realização de trabalho preventivo por parte dos pais, principalmente em relação ao diálogo com os filhos. É importante, também, que os pais realizem a emissão do Registro Geral (RG) e do Cadastro de Pessoa Física (CPF) da criança, tendo em vista que no ato de confecção do RG é feito o registro da digital no banco de dados da polícia, o que torna o instrumento importante para a identificação da criança após ser encontrada.

No caso do desaparecimento, a família pode ligar para o Disque 100, um canal de denúncias e orientações (Lei 13.812, de 2019). A ligação é gratuita e o serviço está disponível 24 horas por dia. Crianças e adolescentes possuem absoluta prioridade em relação à política de atendimento, conforme estabelece o artigo 87, IV do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Já a Lei nº 11.259/05 acrescentou o § 2° no art. 208 do ECA, o qual estabelece a realização imediata das investigações de crianças e adolescentes e o registro do Boletim de Ocorrência.

Além disso, é possível registrar o desaparecimento no Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos, no site: https://www.desaparecidos.gov.br, que dispõe de um banco de dados com informações e imagens de crianças e adolescentes desaparecidos.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia

Campanha Nacional   Desenvolvimento Social   Adolescentes Desaparecidos   Crianças   ADOLESCENTES   Mobilização Nacional   BUSCA   Criança   Semana   Rondônia  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.