Polícia
PF investiga possível prática de crimes ambientais relacionados ao garimpo ilegal em Rondônia
Mandados de busca foram cumpridos na cidade de Humaitá, porção Sul do estado do Amazonas

Por PF/RO
Publicado 23/03/2021
A A
Foto: Divulgação PF/RO

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 23/3, a OPERAÇÃO COMANDANTE, com o objetivo de investigar a prática de crimes ambientais relacionados ao garimpo ilegal. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão por oito policiais federais. As buscas foram realizadas na cidade de Humaitá, na porção Sul do estado do Amazonas. Nessa cidade, residem alguns dos envolvidos com a exploração ilegal de minérios que causam relevantes impactos ambientais e prejuízos à saúde pública.

O objetivo da ação é reunir provas contra os investigados, que possuem e controlam nove dragas que são responsáveis por significativa extração de minérios valiosos (sobretudo ouro) do Rio Madeira.

Durante o dia e após a análise do material apreendido, novas informações sobre a OPERAÇÃO COMANDANTE serão divulgadas.

A operação foi chamada de COMANDANTE em razão deste ser o nome de uma das dragas de propriedade dos investigados, além de ser objetivo da investigação a busca pelos indivíduos que efetivamente comandam esta organização criminosa.

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia/RO

Operação Comandante   Crimes Ambientais   Garimpo Ilegal   Polícia Federal  

Mais em Polícia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.