Agronegócio
Idaron orienta produtores sobre medidas de biosseguridade para prevenir casos de ‘Laringotraqueíte Infecciosa das Aves’

Por idaron
Publicado 21/03/2021
Atualizado 21/03/2021
A A
Foto: Embrapa

O Governo de Rondônia, através da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron), intensificou as ações de prevenção e combate aos casos de Laringotraqueíte Infecciosa das Aves. A agência tem realizado trabalho de orientação aos produtores rurais para que sejam adotadas medidas de biossegurança nos aviários.
A medida foi adotada após detecção da doença em um aviário localizado em Alta Floresta D‘Oeste, região da Zona da Mata, no interior de Rondônia. O proprietário do estabelecimento avícola procurou a unidade local de Alta Floresta para informar que algumas aves de sua granja de postura encontravam-se doentes. Após necrópsia e coleta de material biológico, as amostras foram enviados ao laboratório de referência (Laboratório Federal de Defesa Agropecuária/ MAPA), em Campinas/SP.

A propriedade foi interditada e deve permanecer assim enquanto houver aves com sinais clínicos da doença. “Mesmo que os sinais da doença cessem, as aves da granja somente poderão ter como destino o abatedouro, ou seja, não poderão ser comercializadas a outros produtores, evitando assim a possibilidade de comercialização de aves portadoras do vírus em estado latente”, explicou o fiscal agropecuário da Idaron, Fabiano Benitez.

Segundo ele, a doença é causada por um vírus da família Herpesviridae tipo I, que afeta galinhas, podendo ocorrer em outras aves, como faisão, perdizes e pavão. “A doença, em virtude dos sinais clínicos, ocasiona perdas na produtividade e não é uma zoonose. Apesar de ser uma enfermidade de notificação obrigatória, ela é endêmica no Brasil, ou seja, ocorre de forma esporádica em todo território nacional”, salientou.

“Por fim, a Idaron alerta a todos os avicultores do estado de Rondônia que fiquem atentos para a ocorrência da doença e comuniquem nossas Unidades Locais em caso de surgimento de aves doentes, bem como reforcem as medidas de biosseguridade em seus aviários, evitando a entrada de pessoas e veículos em suas propriedades”, acentua. A notificação a Idaron também pode ser feita pelo Disque Idaron 0800 643 4337.

Fonte: idaron

Laringotraqueíte Infecciosa   Sanitária Agrosilvopastoril   Defesa Sanitária   Alta Floresta   Aves   Doença   Governo   SANITÁRIA   Rondônia  

Mais em Agronegócio

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.