Rondônia
Saúde Indígena questiona estado de Rondônia sobre 'sumiço' de 8 mil doses da vacina contra Covid-19
Estado de RO diz que a vacinação de toda a população indígena está assegurada.

Por G1 RO
Publicado 25/01/2021
A A
Foto: Reprodução/Rede Amazônica

O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Rondônia encaminhou um ofício, no último fim de semana, questionando o governo de Rondônia sobre o 'sumiço' de mais de 8 mil doses da vacina contra a Covid-19 que deveriam ser destinadas aos povos.

Segundo alega o DSEI, o estado teria recebido 11.120 doses de vacinas destinadas à população indígena, porém a Secretaria de Estado da Saúde e Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) teriam entregado apenas 2.315 doses ao distrito de saúde indígena.

Em um ofício enviado ao estado de Rondônia, o coordenador substituto do DSEI, Gerriadriano Carvalho da Cruz, pede para que a Sesau e Agevisa entreguem as doses faltantes e assim a população indígena seja imunizada.

"Esclarece-se que, em caso de descumprimento do Plano Nacional de Imunização, das imposições do Poder Público e afronta à legislação vigente, esta Secretaria Indígena irá informar a ocorrência ao Supremo Tribunal Federal (STF), órgãos de Segurança Pública e Ministério Público Federal (MPF). Por fim, requer, IMEDIATAMENTE, a plena disponibilização das doses pertencentes ao Distrito Sanitário Especial Indígena de Porto Velho", pede o ofício.

As primeiras doses da vacina, a CoronaVac, chegaram ao estado no último dia 19 de janeiro (foram 49 mil doses entregues). Já no domingo (24), segundo o Ministério da Saúde, o estado recebeu mais 13 mil doses de imunizantes, desta vez da vacina Oxford/AstraZeneca.

Repercussão entre entidades
A Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé diz que foi surpreendida com a informação do não repasse das doses da vacina à população indígena.

Em entrevista para a Rede Amazônica, Ivaneide Bandeira (presidente da ONG) falou sobre o caso.

"Não há explicação sobre o motivo de todas as doses não serem repassadas. Há um aumento da Covid nas terras indígenas, como na T.I Rio Branco, inclusive com mortes. E a gente tem um estado em colapso. O que vai acontecer com os indígenas se o seu direito de ser vacinado foi retirado pelo estado? O que a gente espera é o que o Ministério Público investigue e essa situação tem que ser denunciada. A gente espera uma explicação porque tem indígena morrendo", diz Ivaneide, conhecida como Neidinha.

O que diz o estado?
Em nota, a Agevisa afirmou que a vacinação de toda a população indígena de Rondônia está assegurada com o fornecimento das doses completas de imunização contra o coronavírus.

"Em Rondônia, o número de indígenas amparados pelo informe técnico do Ministério da Saúde (MS) é de 7.784, sendo que o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) de Porto Velho tem uma população de 5.019 e o Dsei de Vilhena tem 1.893 indígenas."

O estado de Rondônia ainda reitera o estado de Rondônia disponibilizará, no primeiro momento, 7.865 doses para atender a primeira etapa de imunização; e, "no prazo de 28 dias, o estado fornecerá mais 7.865 referentes à segunda dose, totalizando as 15.730 unidades", pois o número de indígenas a serem imunizados seria maior do que o apontado pelo DSEI no ofício.

 

Fonte: G1 RO

Doses   Indígena   Estado   Dsei   População Indígena   Rondônia   Distrito Sanitário   Agência Estadual  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.