Rondônia
Governo de Rondônia sanciona lei que veda a exploração digital no âmbito do serviço público estadual
A carga horária máxima para a jornada de trabalho para servidores que estão em home office é a mesma da jornada presencial

Por Elaine Barbosa
Publicado 05/01/2021
A A
Foto: Arquivo Setic e Iperon

O Governo do Estado de Rondônia, preocupado com a saúde e bem-estar dos servidores públicos, promulgou a Lei Nº 4.914, que explana sobre a exploração digital no âmbito do serviço público estadual, quanto a jornada de trabalho remoto/home office e demais atos que violam os direitos fundamentais do ser humano.

Em 2017, o Estado de Rondônia publicou o Decreto Nº 21.971, 22 de maio, que esclarece algumas normativas do trabalho em home office e na situação atual decidiu implementar sobre a jornada de trabalho ininterrupta, que será a mesma da jornada presencial, nos termo do inciso XIV do art. 7º da Constituição Federal.  A medida favorece o bem- estar do servidor público visando não ultrapassar o que a Constituição Federal entende como direitos fundamentais.

O sistema de teletrabalho foi adotado pelo Governo Estadual no período de pandemia para evitar a contaminação da doença entre os servidores.

Para o superintendente Estadual de Gestão de Pessoas, (Segep), coronel Silvio Luiz Rodrigues da Silva, a Lei  foi sancionada com o intuito de proteger o servidor de uma eventual desproporcionalidade de trabalho, algo que ele mesmo não estando sobre as vistas da chefia, que é o caso do home office, seja submetido a algo da anormalidade do dia a dia  de trabalho.

“ É proteger o servidor para que continue mantendo padrão de trabalho e as metas que atingia estando presencialmente. A chefia não pode explorar o servidor remotamente, e nem o servidor ter sua rotina afetada, porque está trabalhando em casa”, esclarece.

Caso algum servidor se sinta, de alguma forma explorado com a jornada de trabalho que tornou exaustiva, deve levar ao conhecimento da chefia. “ A chefia irá apurar ou trazer até a nossa corregedoria que vai apurar a à situação”, finaliza  o superintendente da Segep.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia

BEM ESTAR   Home Office   Serviço Público   Direitos Fundamentais   Exploração Digital   Rondônia   servidor  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.