Polícia
Garota é torturada e executada a tiros no condomínio Orgulho do Madeira
A Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) já investiga o assassinato e apura se a execução tem realmente ligação com a guerra entre facções criminosas rivais

Por Rondoniaovivo
Publicado 29/12/2020
Atualizado 29/12/2020
A A
Foto: Reprodução/Rondoniaovivo

A execução a tiros de uma adolescente ainda não identificada aconteceu na madrugada desta terça-feira (29) na Rua Plácido de Castro, rotatória do condomínio Orgulho do Madeira, na zona Leste da capital de Rondônia. A Delegacia de Homicídios apura o crime. Até o momento nenhum familiar foi reconhecer o corpo no IML.

Após denúncia de que moradores da região teriam escutado barulho de disparos de arma de fogo a Polícia Militar foi ao local e encontrou a vítima baleada com três tiros e caída ao chão.

Uma cápsula de munição calibre 38 foi recolhida pela Perícia Criminal na cena do crime. A adolescente aparenta ter em média 15 anos.

Os policiais militares disseram em ocorrência que horas antes chegou denúncia anônima de que integrantes do Comando Vermelho (CV) estariam torturando uma mulher que seria da facção Primeiro Comando do Panda (PCP). Os policiais foram até a quadra 609 no Orgulho do Madeira, onde indicava a denúncia, mas não localizaram nada.

A Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) já investiga o assassinato e apura se realmente a execução tem ligação com a guerra entre facções criminosas rivais. No momento da perícia foi verificado que provavelmente o cabelo da vítima teria sido cortado com facão ou faca.

Foto: Reprodução/Rondoniaovivo
Foto: Reprodução/Rondoniaovivo

Fonte: Rondoniaovivo

Execução   Porto Velho   Polícia Militar   Zona Leste   Condomínio Orgulho   Rondônia  

Mais em Polícia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.