Rondônia
Governo de Rondônia prepara estratégias para ação de imunização à Covid-19 no Estado
O propósito é reforçar as ferramentas de apoio à Saúde Pública, para quando a vacina chegar, seja distribuída imediatamente aos municípios para imunização.

Por Jaqueline Malta
Publicado 10/12/2020
A A
Fotos: Daiane Mendonça e Frank Néry

O Governo do Estado de Rondônia, por intermédio da Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa) já se prepara para atuar na logística de distribuição da vacina contra a Covid-19, prevista para chegar em março do próximo ano.

Na manhã desta quarta-feira (9), a equipe multiprofissional da Agevisa se reuniu para discutir as tratativas, seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, por meio do Plano Nacional de Imunização, já executado no Estado. O propósito é reforçar as ferramentas de apoio à Saúde Pública, para quando a vacina chegar, seja distribuída imediatamente aos municípios para imunização.

De acordo com a diretora geral da Agevisa, Ana Flora Gerhardt, o Governo de Rondônia irá aguardar a validação por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com prazo de 60 dias para que a vacina seja certificada. Enquanto isso, a equipe multiprofissional fez visitações em toda a rede de distribuição dos imunobiológicos que fica nas regionais de Saúde. “É interessante frisar que, o centro de distribuição desses imunobiológicos fica em São Paulo, em Guarulhos e nós recebemos aqui, na Rede de Frio Estadual, que por sinal, fomos elogiados por ter uma das melhores estruturas físicas do Brasil e, de fato, trata-se de uma Rede de Frio muito completa e organizada”, ressaltou.

Ainda de acordo com a diretora, esse trabalho de rotina às regionais de Saúde já faz parte dos trabalhos da Agevisa, com intuito de verificar como está o funcionamento das câmaras de frio, distribuição e a logística. “Após a certificação da Anvisa, conforme o Ministério da Saúde, a probabilidade de o Estado receber e distribuir a vacina para as regionais de Saúde aos municípios é no mês de março. “Rondônia está preparada para receber as vacinas, temos uma das melhores estruturas para acomodar nas redes frias as vacinas que virão, além de termos em estoques seringas e agulhas, e mais as que serão doadas pelo Ministério da Saúde”, enfatizou Ana Flora Gerhardt, que também participou da videoconferência com o Ministério da Saúde.

Preliminarmente, na primeira fase serão contemplados os trabalhadores de saúde, pessoas acima de 75 anos e população indígena. Serão aplicadas duas doses da vacina Oxford/AstraZeneca com intervalo de 28 dias. A quantidade de vacinas a ser recebida no Estado, será de acordo com a quantidade de população.

O Governo do Estado, por meio da Agevisa segue firme com as ações de enfrentamento à Covid-19, buscando estratégias, em conformidade com as diretrizes do Ministério da Saúde.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia

Saúde   Agevisa   Agência Nacional   MINISTÉRIO   Plano Nacional   VACINA   Vigilância Sanitária  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.