Rondônia
Capacitação em serviços de Ater fortalece política de regularização ambiental de Rondônia
A parceria entre Emater e Rioterra oferece ampla cooperação e intercâmbio científico e tecnológico

Por Wania Ressutti
Publicado 13/11/2020
Atualizado 13/11/2020
A A
Foto: Emater-RO

A parceria firmada entre a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia e do Centro de Estudos da Cultura do Meio Ambiente da Amazônia (Rioterra) para compartilhamento de conhecimentos técnicos superou os desafios da pandemia do coronavírus. A proposta inicial que previa capacitação, assessoramento e troca de informações entre técnicos, a fim de promover a recuperação da vegetação, tendo por base o Plano de Recuperação Ambiental (PRA), de forma presencial teve que ser adequada. Desafios vencidos, os cursos vêm sendo ministrados e têm contribuído para a implementação das políticas de regularização ambiental do Estado.

O Termo de Cooperação firmado entre as duas entidades no início de 2020 teve como objetivo oferecer ampla cooperação e intercâmbio científico e tecnológico, reforçando o compromisso firmado para o desenvolvimento da política de Regularização Ambiental de Rondônia. Dentre as ações estavam previstas capacitações por meio de palestras técnicas, cursos, seminários, entre outros de modalidade coletiva e presencial, aprimorando conhecimentos tanto dos técnicos envolvidos como dos produtores familiares inseridos no PRA.

Os desafios foram vencidos com a plataforma digital para capacitação técnica lançada pela Emater-RO, em meados de junho deste ano, quando deu os primeiros passos para a modernização e implantação da autarquia. Na impossibilidade dos cursos presenciais, utilizando a plataforma de Capacitação em Serviços de Ater, foram realizados cursos online e semipresenciais, garantindo a continuidade das atividades sem nenhum prejuízo para os participantes.

Segundo a extensionista responsável pela área ambiental da Emater-RO, Fabiana Bezerra, já foram realizados capacitação online de outorga para técnicos de ambas as entidades; curso semipresencial sobre Projeto de Recuperação de Área Degradada e/ou Alterada (Prada) Manual, realizado pela Rioterra para os técnicos da Emater-RO; e curso sobre cafeicultura online, através da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), pela Emater-RO nos municípios de Itapuã do Oeste, Ji-Paraná e Rolim de Moura. Dentro do processo de implementação do PRA está a elaboração do Prada, que orientará o trabalho em cada propriedade com passivo ambiental. “Os técnicos precisam ter noção de modelos de recuperação, espécies utilizadas e de como será os processos de recuperação junto ao produtor”, explica a extensionista.

Fabiana explica ainda que os cursos têm por objetivo de orientar os procedimentos após a homologação do Cadastro Ambiental Rural (CAR), bem como orientar quais os passos a serem seguidos. Além dos cursos, a parceria entre Emater-RO e Rioterra também prevê a realização de palestras técnicas e seminários, entre outros de modalidade coletiva, online ou presencial, que contribuirão para aprimorar os conhecimentos tanto dos técnicos quanto dos produtores rurais familiares inseridos no PRA.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia

Extensão Rural   Assistência técnica   Rondônia   Entidade Autárquica   Técnicos   Cursos   Recuperação  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.