Geral
Mãe que matou a filha, decapitou e colocou a cabeça em uma sacola não será julgada
Ela foi presa enquanto andava pelas ruas nua e com a cabeça da única filha.

Por Ricmais
Publicado 24/10/2020
A A
(Foto: Montagem/RIC Mais)

Uma mãe que foi presa ao ser flagrada andando pelas ruas nua e com a cabeça de sua filha única, de 13 anos, dentro de uma sacola plástico não irá passar por julgamento.

A adolescente foi assassinada com cerca de 20 golpes de faca e decapitada em abril deste ano.

A mãe era suspeita de homicídio premeditado de criança, crime com pena de prisão perpétua.

No entanto, na última semana, um tribunal decidiu que a mulher identificada pelas iniciais [ T. P.], de 38 anos, estava “sofrendo de uma doença mental crônica, que a impossibilitava de ter conhecimento de suas ações”.

“O tribunal decidiu internar à força a mulher em uma clínica psiquiátrica de regime estrito”, explicou o porta-voz do promotor, Dmitry Chubenk. 

Se o tratamento for bem-sucedido, ela poderá ser liberada.

Mãe mata a filha e coloca cabeça em um saco plástico.

Na ocasião, Tatiana foi filmando enquanto andava com a cabeça decapitada de Kristina em uma mão e uma faca em outra pelas ruas da cidade de Kharkiv, na Ucrânia. Ela estava nua e completamente fora de si. 

A mulher  foi localizada pela polícia depois que seu irmão, com quem dividia a casa, encontrou o corpo da sobrinha sem a cabeça. 

Amigos e familiares ficaram chocados com o crime, todos declararam que a mulher fazia tudo pela filha e que as duas eram amigas e muitos próximas.

Vizinhos também relataram que nunca ouviram brigas entre elas, nem mesmo no dia do crime.

 

Fonte: Ricmais

Macabro   Flagrada   Andando   FILHA   Sacola Plástico   Mulher   Cabeça   Mãe   Tribunal  

Mais em Geral

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.