Rondônia
Dia do Trabalho: Histórias se entrelaçam à trajetória da Unesc

Por Giliane Perin
Publicado 01/05/2019
Atualizado 01/05/2019
A A

O pioneirismo, a tradição e a evolução da Unesc é motivada por uma série de ações e avanços ao longo dos 34 anos de sua história. Mas, mais que isso, o sucesso da Unesc é reflexo do empenho e da dedicação de seus 180 colaboradores. Muitos deles têm suas histórias de vida entrelaçadas com a trajetória da Unesc.

O professor Nelson Rangel Soares Filho é um deles. Acadêmico da primeira turma de Pedagogia, quando a Unesc ainda era conhecida como FEC, o professor Nelson iniciou a careira docente na instituição no início da década de 1990. “Fui da primeira turma de Pedagogia, primeiro presidente eleito do Diretório Acadêmico e fundador do Jornal O Libertador, que era a voz do Diretório Acadêmico”, conta o professor, relembrando a sua agitada vida de acadêmica.

Hoje, Nelson Rangel é um dos rostos mais conhecidos da Unesc. “Em 1994 fui convidado a ministrar aula na FEC, no Curso de Pedagogia. A disciplina era Introdução a Metodologia de Ensino. Em seguida, veio as aulas de Sociologia. Nesses quase 25 anos ininterruptos na instituição, já ministrei mais de 40 disciplinas na área de humanas, nos diversos cursos da instituição”.

E a história não para por aí. “Sendo o primeiro egresso a vir ser professor na Faculdade, pude acompanhar, ao longo destes 25 anos, várias mudanças ocorrerem para melhor. Sempre estive acompanhando as evoluções ocorridas e tive a satisfação de ver meu filho e minha filha se graduarem em Direito pela Unesc. Portanto é uma história de vida junto a Unesc, com muito prazer e satisfação”, conclui o ex- acadêmico e professor da Unesc.

Além de Nelson Rangel, outra colaboradora que tem a sua história entrelaçada com a da instituição é Simone Pariz. Comecei a trabalhar na UNESC no ano de 1999, são muitas histórias ao longo de todos estes anos. Aqui na Unesc, tive a oportunidade profissional de fazer o curso superior em Ciências Contábeis. Fui contratada para fazer apenas a folha de pagamento e hoje sou a responsável por todo o setor de Recursos Humanos da Instituição. A Unesc acredita e investe nos profissionais que ela forma”, relata Simone.

Mas não para por aí, a gerente de RH tem muito mais histórias para contar. “Na vida pessoal eu digo que me graduei e também formei minha família trabalhando na Unesc. Conheci meu marido e tive meu casal de filhos trabalhando aqui”, ressalta Simone Pariz.

Ao longo de 34 anos, a Unesc se faz presente na vida de milhares de pessoas, tanto de seus acadêmicos, como dos seus colaboradores. Um que também merece destaque é o professor Carlos Suniga. “No Dia do Trabalho, a Unesc não pode deixar de ressaltar a história do professor Suniga. Há 29 anos ele trabalha conosco. É uma pessoa que a cada ano deixa a sua marca na Unesc, que é uma grande família! As histórias se entrelaçam e por isso agradecemos a todos. Não só aos colaboradores antigo, mas a todos aqueles que nesta trajetória, fazem parte da nossa história. Aos que já passaram por aqui, aos que ingressaram há muito ou menos tempo. Todos tem a sua parcela de contribuição”, enfatiza a diretora geral da Unesc, Natividade Cury.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Unesc

Dia do Trabalho   Unesc   Pioneirismo   Educação  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.