Agronegócio
Consumo de ovos aumenta em razão do menor custo do produto
Pico da produção ocorreu em maio, quando foram contabilizadas 326,73 milhões de dúzias.

Por IBGE
Publicado 13/09/2020
A A
Pixabay/JillWellington

Pesquisa realizada pelo IBGE mostra a produção de ovos de galinha e registra que, ao todo, 974,15 milhões de dúzias foram produzidas no 2º trimestre de 2020. Este número é 2,8% maior que o registrado no 2º trimestre de 2019 e 0,3% acima do trimestre anterior. “Em períodos de recessão econômica, como o do isolamento social por conta da pandemia, tende a aumentar o consumo de ovos de galinha, por se tratar de uma fonte de proteína mais acessível do que as carnes”, explica o especialista. O pico da produção ocorreu em maio, quando foram contabilizadas 326,73 milhões de dúzias, 2% acima da produção do mês equivalente de 2019.

Já a aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária federal, estadual ou municipal foi de 5,76 bilhões de litros. Este resultado significa redução de 1,7% em relação ao 2° trimestre de 2019, e retração de 9,3% em comparação com o 1º tri de 2020. Viscardi ressalta que, regularmente, os 2° trimestres são períodos de menor captação, devido à etapa de entressafra nas principais bacias leiteiras do país.

Já quanto à aquisição de couro, os curtumes declararam ter recebido 7,32 milhões de peças, uma redução de 12,8% em relação ao adquirido no 2º trimestre de 2019 e queda de 3,3% frente ao 1º trimestre de 2020. Esta redução tem relação direta com as quedas do abate de bovinos em abril e maio. A Pesquisa Trimestral do Couro investiga apenas os curtumes que efetuam curtimento de pelo menos 5 mil unidades inteiras de couro cru bovino por ano.

Fonte: IBGE

Pesquisa   PRODUÇÃO   MILHÕES   ovos   Galinha   TRIMESTRE   IBGE  

Mais em Agronegócio

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.