Rondônia
Mediação Tecnológica oferece ensino de matemática aplicada ao campo para alunos da rede estadual

Por Emanuelle Pontes
Publicado 30/08/2020
A A
Fotos: Arquivo Seduc

Em passos largos, Rondônia avança mais uma vez e traz inovação no âmbito da educação. O Governo, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), apresenta proposta de novas aulas de Mediação Tecnológica sobre o ensino de matemática aplicada ao campo “A Etnomatemática”. A abordagem histórico-cultural exerce um elo com o padrão educacional e a cultura de um povo e se relaciona com cotidiano dos alunos, abordando temas do agronegócio, como produção agrícola, pecuária e extrativista.

Implantado desde 2016, as aulas são transmitidas pelo canal do Youtube “Mediação Tecnológica em Rondônia” . O propósito das programa é proporcionar aos estudantes da área rural, quilombolas, indígenas e ribeirinhos a se nutrirem dos saberes de porcentagem, geometria, estatísticas, entre outros, e inserir este conhecimento adquirido na sua rotina.

Atualmente, seis mil alunos são contemplados com o projeto, mas em tempos de pandemia, o programa ganhou destaque e se estendeu a todos alunos da rede estadual (do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio).  Filmadas no Centro de Mídia, o projeto conta com três estúdios de televisão, que funcionam diariamente, e antena de televisão em 318 salas de aula em todo o Estado de Rondônia. As aulas são transmitidas em tempo real, via satélite ou, quando não, postada no canal.

De acordo a Seduc, a mediação tecnológica atende todos os componentes do currículo básico, incluindo disciplinas comuns e flexíveis. Os professores envolvidos no projeto são habilitados – mestre, doutores e pós-doutores na área de conhecimento–, como também atuam como tutores, acompanhando o desenvolvimento dos alunos.

Para a gerente do Centro de Mídias de Educação, Daniele Brasil, o intuito do projeto é fomentar a consolidação e a expansão do ensino, a fim de combater as desigualdades educacionais, proporcionando uma educação de qualidade a todos os alunos da rede estadual. A gerente ainda afirma que a integração multidisciplinar é muito importante para aproximar o estudante à disciplina de matemática, visto que, reiteradamente, é apontado como empecilho para o êxito no estudo.

“Rondônia tem um forte potencial para agronegócio e possui um papel fundamental na sua relação com meio ambiente. Por esse motivo, relacionar a matemática ao ambiente diário, facilita e influencia o gosto do aluno pelo aprendizado”, pontua Daniele.

CANAL YOUTUBE

O Programa de Mediação Tecnológica é um projeto que utiliza a intervenção tecnológica para atender estudantes que residem em regiões distantes do Estado.

De iniciativa do Governo de Rondônia, por meio da Seduc, o canal do Youtube conta com 43,9 mil inscritos e participação massiva dos alunos da rede estadual. Dentre as aulas disponíveis no canal, estão arte, educação física, matemática, sociologia, história, ciências, geografia, português, entre outros, bem como noções de agroecologia e zootecnia.

Os professores promovem aulas didáticas ao vivo e também deixam aulas disponíveis para poder acessá-las em outros dias. Para o Governo, a ideia do projeto é viabilizar igualdade educacional aos estudantes e proporcionar educação de qualidade a todos.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia

Educação   Tecnológica   Rondônia   Inovação   Mediação Tecnológica  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.