Polícia
EXECUTADO: Assassino invade casa e executa rival com 2 tiros na cabeça
Vítima tentou fugir mas morreu na casa ao lado.

Por Reporter MT
Publicado 29/07/2020
A A
Foto: Reprodução/Repórter MT

Em Rondonópolis - MT, um homem identificado pelas iniciais, M. S. G. Dos S., 33 anos, foi executado com dois tiros na cabeça durante o fim da tarde da última segunda-feira (27), quando foi ‘surpreendido’ pelo assassino dentro de casa, no bairro Vila União e baleado ao tentar correr para a casa do vizinho.

O morador da casa ao lado teria encontrado o homem ainda com vida caído no quintal e chamado o Serviço de Atendimento Móvel De Urgência (Samu),  porém quando a equipe médica chegou apenas constatou a morte.

A Polícia Militar (PM), que foi comunicada do fato pelas testemunhas, isolaram o local e comunicaram o caso à Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos cabíveis no andamento da ocorrência.

De acordo com as testemunhas, a vítima estava dentro de casa, quando por volta das 17h, o assassino estacionou a XRE em frente ao endereço e invadiu a residência já atirando.

A vítima teria corrido em direção à casa do vizinho, tentando se salvar, mas foi baleado no caminho e caiu gravemente ferido no quintal da casa ao lado.

O assassino após constatar que o rival tinha sido atingido, correu de volta a moto e arrancou em alta velocidade, conseguindo escapar.

Os militares saíram em patrulhamento pela região, buscando pela XRE preta e pelo assassino, conforme as poucas características repassadas pelas testemunhas, mas nem o veículo e nem o ‘piloto’ foram encontrados.

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi localizado, e conforme informações preliminares, um dos tiros teria entrado pela testa, atravessado o crânio e saído pela parte de trás da cabeça. E o segundo tiro atingido a lateral do rosto e a bala ficado alojada na vítima.

Os investigadores técnicos ainda periciaram todo o perímetro, desde o ponto onde o assassino estacionou a moto, passando por toda a casa, até o quintal do vizinho, onde Mauro morreu, coletando evidências que determinem as circunstâncias do homicídio.

Pelo tipo de perfuração no rosto do homem, suspostamente a arma usada no crime  é uma pistola 9 mm.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia que vai determinar a causa clínica da morte.

Os policiais civis acompanharam todo o trabalho da perícia, coletaram dados preliminares e ainda conversaram com populares e testemunhas com o intuito de alguma informação que ajudasse a identificar o atirador, ou ainda, a motivação para o crime.

Nos próximos dias a Politec emitirá laudo com informações técnicas oficiais que dará base às investigações do homicídio doloso, que segue sob investigação da Polícia Civil.

Fonte: Reporter MT

Homicídio   CORPO   Casa   Homem   Polícia Civil   ASSASSINO   Rondonópolis   MATO GROSSO  

Mais em Polícia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.