Polícia
SITE OLX: Polícia Civil de Rondônia evita golpe de 30 mil e prende estelionatário em flagrante no Paraná
A vítima procurou a delegacia de Ouro Preto do Oeste que, imediatamente, com o auxílio dos gerentes das agências bancárias envolvidas.

Por Mario Jensen
Publicado 24/07/2020
Atualizado 24/07/2020
A A
Foto: Reprodução/PC

A Polícia Civil, em uma ação integrada entre as delegacias de Ouro Preto do Oeste/RO e Maringá/PR, conseguiu prender em flagrante o estelionatário B. H. S.S. (28 anos) no momento em que tentava sacar mais de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) em uma agência bancária no centro da cidade de Maringá/PR. 
 
A vítima, morador da cidade de Teixeirópolis/RO, se interessou por um caminhão através do site OLX e entrou em contato com o anunciante (estelionatário), o qual informou que o caminhão estava com um “funcionário” (real proprietário do caminhão) e que poderia olhar o veículo para que o negócio fosse fechado. O estelionatário também mantinha contato com o real proprietário do caminhão (segunda vítima), morador de Ponta Grossa/PR, dominando tanto o comprador como o vendedor, exigindo que ambos não tratassem de valores quando se encontrassem pessoalmente.
 
Para a primeira vítima, o estelionatário dizia que era para evitar o pagamento de comissão ao “funcionário”, enquanto que para a segunda vítima, dizia que iria repassar o veículo por um valor mais alto, a fim de “quitar uma dívida”. Ao se encontrarem, a vítima fechou negócio e acabou transferindo o dinheiro para uma conta indicada pelo estelionatário e não para o real dono do veículo. Após a transferência, o anunciante (estelionatário) passou a não atender ao telefone e responder mensagem das vítimas, ocasião em que o golpe foi constatado.
 
A vítima procurou a delegacia de Ouro Preto do Oeste que, imediatamente, com o auxílio dos gerentes das agências bancárias envolvidas e delegacia de Maringá, conseguiram evitar o saque do dinheiro e prender o golpista em flagrante. 
O delegado Niki Alves Locatelli, titular da delegacia de Ouro Preto do Oeste, explica que graças a rápida ação da polícia, funcionários do banco e da própria vítima, conseguiram êxito na ação integrada.
 
“Golpes tem sido cada vez mais frequentes e a população deve estar atenta, buscando orientações com a polícia quando pairar dúvidas sobre possível tentativa de estelionato a fim de evitar que o golpe se consume, pois a recuperação do dinheiro é muito difícil”.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Golpe   Homem   Ouro Preto   Polícia Civil   Vítima   Maringá   ESTELIONATÁRIO   Paraná  

Mais em Polícia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.