Polícia
PF abre inquérito para apurar suspeita de invasão hacker no celular do presidente da Caixa
Pedro Guimarães disse no domingo que seu telefone foi alvo de ataque e que informações pessoais foram vazadas.

Por Gabriel Palma
Publicado 23/07/2020
A A
Foto: © Tomaz Silva/Agência Brasil

A Polícia Federal abriu inquérito para apurar uma suspeita de ataque ao celular do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

A informação foi publicada pelo jornal "Folha de S.Paulo" nesta quinta-feira (23) e confirmada pela TV Globo.

No último domingo (19), Pedro Guimarães afirmou que seu celular foi invadido e que iria trocar de número. Segundo o presidente da Caixa, várias informações pessoais foram vazadas e o ataque foi realizado pelos hackers que fraudaram o auxílio emergencial.

Na terça-feira (21), ele afirmou que "centenas de milhares" de contas poupança digital do banco, movimentadas pelo Caixa Tem e usadas para o crédito do Auxílio Emergencial, foram suspensas por suspeita de fraude.

Fonte: G1

inquérito   Auxílio Emergencial   Invasão Hacker   Pedro Guimarães   Polícia Federal   Caixa Econômica  

Mais em Polícia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.