Rondônia
Testes rápidos para detectar o novo coronavírus destacam Rondônia na vanguarda nacional do controle da pandemia
O atendimento a pessoas em veículos, obedecendo a longa fila, deu certo, e o governo estadual prepara novas ações

Por Montezuma Cruz e Sângela Oliveira
Publicado 22/07/2020
Atualizado 22/07/2020
A A
Foto: Daiane Mendonça e Leandro Morais

Ficou na memória da saúde pública rondoniense a fila quilométrica de veículos com pessoas dispostas a fazer o teste rápido para detectar o novo coronavírus. No primeiro drive-thru, ela estendeu-se até o bairro da Balsa, na área portuária da Capital, até a Avenida Farquhar e adjacências.

Cinco drive-thrus [sem sair do carro], realizados pelo Governo de Rondônia, resultaram em 4.007 testes que revelaram 456 casos positivos da covid-19.

Segundo o secretário-adjunto de Saúde, Nélio Santos, haverá mais ações semelhantes em dias a serem estudados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e demais parceiros em organização.

“Acreditamos que a testagem em massa é uma das alternativas para combater o vírus; quanto mais cedo identificarmos a doença, mais cedo começamos o tratamento”,  ressaltou  Santos.

Aos pacientes com testes positivos, as equipes distribuíram kits para tratamento contendo cloroquina de 150 mg e azitromicina de 500 mg.

Para o secretário-adjunto, os drive-thru também proporcionaram exames de eletrocardiograma, essenciais para as pessoas positivas

MAPEIA RONDÔNIA

O sistema é parte integrante do Programa Mapeia, que avalia o atual cenário epidemiológico de Rondônia. O estado está na vanguarda nacional entre os que melhor trabalham com a população em busca de atendimento.

Sesau e Agevisa estão convictas da eficácia desse trabalho como estratégia de combate à propagação do contágio da doença. O país passou, 48 horas atrás, de 2,1 milhões de pessoas infectadas.

MAIS DE 100 MIL TESTES 

Até agora, Rondônia ultrapassou a marca de 100 mil testes rápidos e sorológicos para detectar a infecção da doença, destacando-se em 1º lugar no ranking de testagem nacional.

As equipes a Sesau aplicaram cinco testes com o método drive-thru, sendo quatro em Porto Velho, dois no estacionamento do Palácio Rio Madeira (PRM), um no Distrito de Extrema, a 307 quilômetros da Capital, outro no Distrito de Vista Alegre do Abunã, a 260 quilômetros; e um em Cacoal, a 480 quilômetros.

Em 1,2 mil testes feitos no estacionamento do Palácio Rio Madeira (PRM), em Porto Velho, 112 pessoas foram confirmadas com a doença em seis de junho.

No dia 16 daquele mês, na Beira-Rio, em Cacoal, em 589 testes, 23 pessoas estavam positivas. No dia 27, em Extrema a Sesau aplicou 200 testes, constatando o novo coronavírus em 11 pessoas.

No PRM, dia 4 de julho, de 1.543 testes, 261 foram positivos. E no dia 11, em Vista Alegre do Abunã, de 500 testes, 35 resultaram positivos.

Os testes disponíveis não são exclusivos para as ações de drive thru, informou a Sesau. Alguns são sobras do Mapeia Rondônia, outros, do Ministério da Saúde.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia

Vanguarda Nacional   testes   Saúde   Rondônia   Coronavírus   Mapeia Rondônia   Porto Velho   Fila Quilométrica   Sesau  

Mais em Rondônia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.