Agronegócio
ALFACE: Com menor área, oferta diminui e preço sobe em SP

Por Cepea
Publicado 21/07/2020
A A
Foto: Meramente Ilustrativa de Julia Casado por Pixabay

Os preços das alfaces subiram em Mogi das Cruzes e em Ibiúna (SP) nos últimos dias, impulsionados pela baixa oferta na roça, que, por sua vez, está atrelada à redução da área alocada à folhosa.

Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, apesar da produção e da qualidade satisfatórias, alguns produtores relatam problemas com mela, doenças de solo e tamanho dos pés. Com isso, esses agentes priorizam as vendas para os clientes fixos. Além disso, alguns compradores pagaram mais pelos pés, o que contribuiu para a valorização das alfaces.

Nesse cenário, o preço médio da crespa comercializada em Mogi das Cruzes entre 13 e 17 de julho foi R$ 14,70/cx com 20 unidades, alta de 11,85% frente ao da semana anterior; em Ibiúna, a média da variedade foi de R$ 10,88/cx com 20 unidades, valorização de 25,57% no mesmo comparativo.

Fonte: Cepea

Preço   Alfaces   baixa oferta   Roça   Cepea   Mogi das Cruzes   Folhosa   PRODUTORES  

Mais em Agronegócio

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.