Agronegócio
Carnes: com boa demanda, preço do frango vivo já subiu 6% em julho
O aumento na demanda da carne segue refletindo na retração das vendas de ovos, cujo preço da caixa de 30 dúzias teve uma queda de 2,5% em relação à semana passada

Por Canal Rural
Publicado 20/07/2020
A A
Foto: Paola Cuenca/Canal Rural

A reabertura do comércio segue gerando alta demanda por carne de frango. Com isso, o preço pago ao produtor pelo frango vivo no interior de São Paulo teve duas altas consecutivas esta semana, fechando em R$ 3,75 por quilo. As valorizações representam uma alta de 3% em relação à semana passada e de 5,7% em relação a junho. Minas Gerais seguiu a tendência de São Paulo e o preço médio estado está a R$ 3,80 por quilo.

O aumento na demanda de carne de frango segue refletindo na retração das vendas de ovos, cujo preço da caixa de 30 dúzias teve uma queda de 2,5% em relação à semana passada, cotado a R$ 80.

A chegada do inverno, época em que tradicionalmente há aumento do consumo de carne suína, e a reabertura do comércio fizeram com que o mercado de suínos independente seguisse em alta esta semana nas principais regiões de referência, com ganho nas bolsas de Minas Gerais (+15%), Santa Catarina (+18%), São Paulo (+9%), Paraná (+16%) e Rio Grande do Sul (+14%)

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) divulgou uma revisão das expectativas de produção e exportação para frango, ovos e suínos para 2020. A entidade estima altas na produção brasileira: 3% a 4% na produção de frangos (13,7 a 13,8 milhões toneladas); 7% para ovos (mais de 50 bilhões de unidades); e 4% a 6,5% para carne suína (até 4,25 milhões de toneladas).

Fonte: Canal Rural

Preço   Frango   Carne   comercio   Alta Demanda   Frango Vivo  

Mais em Agronegócio

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.