Geral
IGP-M acumula taxa de inflação de 9,05% em 12 meses, diz FGV
Taxa é usada para reajuste de aluguel em todo o país

Por Vitor Abdala
Publicado 17/07/2020
A A
Foto: © Marcello Casal jr/Agência Brasil

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel em todo o país, registrou inflação de 2,02% na segunda prévia de julho deste ano, taxa superior ao 1,48% da segunda prévia de junho. Com o resultado, divulgado hoje (17) pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o IGP-M acumula taxa de inflação de 9,05% em 12 meses.

A alta da taxa na segunda prévia de julho foi puxada pelos três subíndices que compõem o IGP-M. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, subiu de 2,20% na prévia de junho para 2,72% na prévia de julho.

O Índice Nacional de Custo da Construção passou de 0,25% para 0,64% no período. Já o Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, passou de uma deflação (queda de preços) de 0,14% na prévia de junho para uma inflação de 0,49% na prévia de julho.

Fonte: Agência Brasil

taxa de inflação   Índice   Taxa Superior   Preços   MERCADO   índice Nacional   Julho   Prévia  

Mais em Geral

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.