Política
Huck critica nomeação de criminalista para o Ministério da Saúde
Luciano Huck disse que nomeação de criminalista para o Ministério da Saúde mostra que Brasil está descoordenado

Por Notícias ao Minuto
Publicado 22/05/2020
A A
Foto: © Reuters/Stringer .

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O apresentador de TV e presidenciável Luciano Huck publicou uma mensagem nas redes sociais em que elenca razões para mostrar que o Brasil está sem controle no governo Jair Bolsonaro. Entre elas, ele aponta a nomeação de um advogado criminalista para o Ministério da Saúde.

Como mostrou o jornal Folha de S.Paulo, tornou-se um mistério na pasta a nomeação do criminalista Zoser Hardman de Araújo. Em sua trajetória, o advogado defendeu milicianos do Rio, como Cristiano Girão, Wallace Pires (Robocop) e Ricardo Gildes (Dentuço). Além disso, também representou o ex-tenente da PM Daniel Benitez, condenado a 36 anos de prisão por ter sido um dos mentores do assassinato da juíza Patricia Acioli.

"Fatos...Ministros técnicos e competentes fritados em meio à pandemia. Ministérios aparelhados. Cloroquina no tratamento da doença sem amparo da ciência. Um advogado criminalista como assessor especial da Saúde. O Brasil está descoordenado. ", escreveu Luciano Huck nesta sexta-feira (22).

A reportagem procurou o ministro interino, general Eduardo Pazuello, a assessoria do Ministério da Saúde, Teich e o advogado, mas ninguém respondeu quem foi o responsável pela indicação.

Fonte: Notícias ao Minuto

Jair Bolsonaro   Governo Jair   Redes Sociais   Elenca Razões   Luciano Huck   Presidenciável Luciano   Huck Publicou   Folhapress   Paulo   bolsonaro  

Mais em Política

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.