Geral
BNDES aprova financiamento de R$ 1,2 bi para projeto de energia eólica
Energia beneficiará 850 mil domicílios em dois municípios na Bahia

Por Agência Brasil
Publicado 20/05/2020
A A
Foto: © Divulgação/Ari Versiani/PAC

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 1,2 bilhão para o Conjunto Eólico Campo Largo - Fase 2, da empresa Engie, para gerar energia para atender 850 mil domicílios dos municípios de Umburanas e Sento Sé, na Bahia. O investimento total do projeto alcança R$ 1,6 bilhão.

O conjunto eólico em sua fase 2 já está em construção com 361,2 megawatts (MW) de capacidade instalada.

Segundo o BNDES, o projeto vai se beneficiar da sinergia das estruturas já existentes, como a subestação e a linha de transmissão implementadas para atender os Conjuntos Eólicos Campo Largo - Fase 1 e Umburanas - Fase 1, que totalizam 686,7 MW de capacidade instalada. Com a implantação dessa segunda fase de Campo Largo, a capacidade instalada de energia eólica ultrapassará a marca de um gigawatt (GW) na Bahia e mais de 1,2 GW na Região Nordeste.

Empresa responsável pelas obras já obteve as licenças de instalação para as 11 centrais que compõem o projeto. A entrada em operação do conjunto eólicoestá prevista para o início de 2021.

Gralha Azul

Em março, o BNDES aprovou financiamento para a Engie no valor de R$ 1,5 bilhão, para o projeto de transmissão de energia Gralha Azul, com cerca de mil quilômetros de extensão, beneficiando 24 municípios do Paraná. Os investimentos, que somam R$ 1,85 bilhão, estão sendo aplicados desde 2018 em diversas frentes, envolvendo a implantação e o reforço de linhas de transmissão e subestações.

Engie

De acordo com informações do BNDES, a Engie Brasil é a maior produtora privada de energia elétrica do Brasil, com capacidade instalada própria de 10.211 MW em 61 usinas, o que representa cerca de 6% da capacidade do país. A empresa tem quase 90% de sua capacidade instalada no país proveniente de fontes renováveis e com baixas emissões de gases de efeito estufa, incluindo usinas hidrelétricas, eólicas, solares e biomassa.

Fonte: Agência Brasil

Banco Nacional   Desenvolvimento Econômico   Campo Largo   Capacidade Instalada   Conjunto Eólico   Eólico Campo   Conjuntos Eólicos   Fase   Capacidade   BNDES  

Mais em Geral

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.