Geral
ATENÇÃO: Maior parte do auxílio irá para quem já recebe Bolsa Família
Outros R$ 29,43 bilhões devem ser destinados para o público já inscrito no Cadastro Único do governo federal

Por Terra
Publicado 07/04/2020
A A
Foto: Agência Brasil / Estadão Conteúdo

O maior volume dos R$ 98 bilhões que serão pagos no auxílio emergencial de R$ 600 em três parcelas será destinado a quem já recebe o Bolsa Família. 

De acordo com a Caixa, os beneficiários do programa Bolsa Família vão ficar com R$ 43,71 bilhões. O pagamento para esse grupo seguirá o cronograma atual, sem alteração.

Outros R$ 29,43 bilhões devem ser destinados para o público já inscrito no Cadastro Único do governo federal. Nesse caso, os valores serão depositados em até 48h após o processamento - com início já na quinta-feira (9) - em conta poupança da Caixa ou conta do Banco do Brasil. Caso o beneficiário não tenha conta nessas instituições, será criada a poupança digital da Caixa - para as quais o saque em espécie ainda não está liberado.

Por fim, a Caixa estima que trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) recebam R$ 25 bilhões. Esse grupo precisa se cadastrar para receber o auxílio emergencial por meio do site da Caixa, ou pelo aplicativo já disponível para aparelhos celulares. Os pagamentos começarão em 14 de abril. Esses beneficiários poderão indicar uma conta em qualquer instituição financeira para receber o auxílio, ou optar pela poupança digital da Caixa - (cujo saque em espécie ainda depende de cronograma).

Segundo o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, mais de 5 milhões de trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) já se cadastraram junto à Caixa para receber o auxílio emergencial. Para esse grupo, os pagamentos começam no dia 14. "Já tivemos mais de 10 milhões de acessos ao site e ao aplicativo para o cadastramento", afirmou.

Ele voltou a dizer que o processamento do grupo de trabalhadores que já está inscrito no Cadastro único do governo federal deve ser concluído ainda hoje e repassado à Caixa, que deve iniciar o pagamento na quinta-feira (9).

"Até final da próxima semana já teremos grande volume de pessoas atendidas", completou, lembrando que o pagamento da segunda parcela do auxílio mensal de R$ 600 será feito também em abril, no fim do mês.

"Queremos dar tranquilidade às pessoas", reforçou. "Demoramos um pouco, e esse pouco é relativo. Conseguimos estruturar o processo e esperamos já na quinta fazer pagamento a milhões de pessoas", acrescentou.

O ministro voltou a dizer que o governo tem atuado para minimizar os episódios de fraudes, com sites falsos para roubar dados dos trabalhadores. Segundo ele, o governo deve lançar campanhas de esclarecimento e divulgação do auxílio emergencial para orientar as pessoas.

 

Fonte: Terra

Auxílio Emergencial   Caixa   Bolsa Família   BOLSA   Família   Programa Bolsa   Auxilio   BILHÕES   Cadastro único   Serão Pagos  

Mais em Geral

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.