Agronegócio
Boi: procura por cortes nobres deve cair e demanda por frango aumentar
Avanço do coronavírus no Brasil fez a demanda pelo produto ficar concentrada nos supermercados

Por Canal Rural
Publicado 24/03/2020
A A
Foto: Marcelo Curia/Editora Globo

Com as medidas restritivas para tentar frear o avanço do coronavírus, a demanda por carnes deve ficar concentrada nos supermercados. Por conta disso, a consultoria Safras & Mercado projeta uma queda na procura por cortes nobres do boi, aumentando a demanda pela carne de frango.

Segundo Fernando Iglesias, analista da empresa, a pandemia por conta do novo vírus provoca uma série de restrições ao longo de toda a cadeia produtiva, o que é considerado normal para um cenário de crise. 

“Eles [frigoríficos] têm uma perspectiva incerta em relação a demanda, tanto interna quanto externa, já que foi decretado a proibição de abertura de restaurantes e outros estabelecimentos, alterando a demanda do mercado de carnes brasileiro”, explica.

Com isso, ele projeta que a demanda por cortes nobres fica menor e o consumidor acaba optando então pela carne de frango.

Mercado externo

O analista comenta que a situação na China, maior cliente do Brasil, parece mais controlada. Mesmo assim, ele ressalta que os frigoríficos ainda optam em ofertar valores menores pela arroba do boi gordo.

“A grande questão é que o pecuarista tem uma capacidade de retenção bem interessante nesse momento, as pastagens são de boa qualidade e eles se recusam a negociar nos preços que estão sendo ofertados pelos frigoríficos” afirma ele.

Fonte: Canal Rural

Medidas Restritivas   Demanda   Fernando Iglesias   Consultoria Safras   Cortes Nobres   MERCADO   Coronavírus  

Mais em Agronegócio

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.