Geral
Secretaria de Saúde do Acre registra 11 casos de Covid-19
Dados são do boletim epidemiológico da Sesacre, divulgado neste sábado (21). Todos os casos são registrados na capital acrena, Rio Branco.

Por G1 AC
Publicado 22/03/2020
A A
Foto: Odair Leal/Secom

O boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), divulgado neste sábado (21), revelou que o número de infectados no estado subiu de sete para 11. Todos os casos são de pessoas que moram na capital acreana, Rio Branco.

Os casos investigados em Brasileia e Cruzeiro do Sul, interior do estado, foram descartados. O Estado aguarda ainda a contraprova dos exames, que foram enviados para o Instituto Evandro Chagas, em Belém (PA).

Dos 11 casos confirmados, nove já foram reconhecidos pelo Ministério da Saúde. Os casos descartados no estado acreano são 139 e outros cinco estão em análise.

Os novos pacientes identificados com a doença no Acre são: um enfermeiro de 29 anos que chegou de Santa Catarina no fim de semana passado; uma arquiteta de 26 anos, que também participou de um evento em São Paulo e chegou no domingo (15) no Acre, e dois empresários, de 37 e 45 anos.

A Secretaria de Saúde mostrou também que oito dos pacientes viajaram para outros estados nos últimos 14 dias; dois não têm registros de viagens, mas tiveram contato com pessoas que testaram positivo para a doença e um paciente que teve contato com um grupo de italianos que veio a trabalho para Rio Branco recentemente.

O Ministério da Saúde declarou que todo o território nacional está sob o status de transmissão comunitária do coronavírus Sars-Cov-2, responsável pela pandemia da doença Covid-19. O status foi publicado em portaria na noite de sexta-feira (20).

Covid-19 no Acre
Na terça-feira (17), o governador do Acre, Gladson Cameli, decretou situação de emergência devido à pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O decreto 5.465, válido por 30 dias e podendo ser prorrogado, aponta ainda que as recomendações valem até que a emergência em saúde prevaleça, assim como determinou o Ministério da Saúde.

Na sexta (20), a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) aprovou o pedido de calamidade pública enviado pelo governador Gladson Cameli à Casa. O pedido foi aprovado por unanimidade e tem validade até dezembro deste ano.

Também na sexta, Cameli determinou a suspensão dos serviços não essenciais no Acre. Em uma edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE), o governador mandou fechar shoppings, bares, restaurantes, lanchonetes e diversos outros estabelecimentos.

A pandemia de Covid-19 foi declarada desde a quarta (11) pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Fonte: G1 AC

Acre   Saúde   Boletim Epidemiológico   Rio Branco   Estado   Estado Subiu   Sesacre   Gladson Cameli   MINISTÉRIO  

Mais em Geral

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.