Política
Governo anuncia repatriação de mais de 200 brasileiros no Marrocos
O governo ainda negocia com as companhias aéreas TAP e a Azul a retirada de mais de 800 brasileiros de Portugal.

Por Notícias ao Minuto
Publicado 19/03/2020
A A
Foto: DR - Notícias ao Minuto

O governo federal anunciou nesta quinta-feira, dia 19, que 203 brasileiros retidos no Marrocos serão repatriados em um voo fretado. Segundo o Ministério do Turismo, a Record TV vai custear a aeronave fretada junto à Latam porque tinha que remover uma equipe de 73 funcionários, que participavam da gravação de uma telenovela no país.

O governo ainda negocia com as companhias aéreas TAP e a Azul a retirada de mais de 800 brasileiros de Portugal. A primeira operação de resgate será no Peru, prevista para esta sexta-feira, dia 20.

Os turistas e funcionários da TV em Marrocos devem chegar ao Brasil até domingo. A data da decolagem ainda não foi confirmada.

"Nosso compromisso é em trazer de volta ao País os milhares de brasileiros que estão em outros países, muitos a turismo, e que nesse momento precisam do apoio do governo federal. Tenho convicção de que seremos bem-sucedidos nesta valorosa missão", disse o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, em nota divulgada pela pasta.

Peru

Com mobilização de autoridades dos ministérios do Turismo, das Relações Exteriores e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o governo conseguiu autorização para a primeira operação de repatriação, que começará nesta sexta-feira, dia 20, no Peru.

Os dois primeiros voos da Latam e da Gol devem levar 704 peruanos a Lima e retornar com 622 brasileiros retidos no país andino.

Segundo dados recebidos pelo Itamaraty, a imigração peruana contabiliza 3.770 turistas brasileiros no país, principalmente em Lima e Cusco.

Fonte: Notícias ao Minuto

Marrocos   Governo federal   Pais   Peru   Turismo   Federal Anunciou   Voo Fretado   Brasileiros  

Mais em Política

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.