Esporte
Após 20 pênaltis, Palmeiras vence na reestreia de Luxemburgo
A partida terminou empatada sem gols no tempo regulamentar. O resultado deu ao Palmeiras dois pontos na Florida Cup.

Por Metrópoles
Publicado 16/01/2020
Atualizado 16/01/2020
A A
Foto: Divulgação/Palmeiras

No primeiro jogo do técnico Vanderlei Luxemburgo em sua quinta passagem pelo Palmeiras, o time venceu nos pênaltis por 10x9 o Atlético Nacional, da Colômbia, pela Florida Cup, nos Estados Unidos. A partida terminou empatada e sem gols no tempo regulamentar. O resultado deu ao Palmeiras dois pontos no torneio amistoso, enquanto o Atlético Nacional somou um.

Luxemburgo escalou o Palmeiras titular com: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Bruno Henrique, Patrick de Paula e Lucas Lima; Raphael Veiga, Dudu e Luiz Adriano. Essa equipe vinha sendo esboçada nos treinamentos da pré-temporada e atuou no primeiro tempo da partida contra os colombianos.

A principal novidade foi o volante Felipe Melo escalado como zagueiro e com a braçadeira de capitão. Ele bobeou em uma saída de bola, mas Marcos Rocha consertou e recuou para Weverton. Em alguns lances, Felipe Melo ainda atuava como se fosse volante, saindo para marcar o adversário no meio-campo. É algo a ser ajustado para não ficar um buraco na linha defensiva.

O que não teve novidade neste Palmeiras de 2020 foi a boa atuação de Dudu. Pelo lado direito do ataque, ele tentou jogadas individuais e foi a válvula de escape da equipe. Assim como seus companheiros, porém, Dudu também não conseguiu levar perigo ao Atlético Nacional.

Na saída para o intervalo, o atacante comentou sobre o primeiro desafio da temporada. “Está no começo. Quando a gente começa a esquentar, acaba (a etapa inicial). O importante foi movimentar e pegar mais ritmo de jogo para estar bem no Campeonato Paulista Ainda temos que melhorar muito na saída de bola, estamos pecando. Mas isso é trabalho, com o tempo a gente vai se adaptar ao estilo dele”, analisou Dudu.

O Palmeiras voltou para o segundo tempo com: Jailson; Mayke, Luan, Emerson Santos e Victor Luis; Ramires, Gabriel Menino e Zé Rafael (substituído por Alan aos 35 minutos); Gabriel Veron, Willian e Wesley. Os destaques foram os recém-chegados ao elenco profissional Gabriel Menino e Wesley.

A partida ficou mais aberta no segundo tempo e os dois times passaram a assustar. Jailson salvou em chute de Quiñones e no rebote com Barrera. O Palmeiras respondeu rapidamente com Gabriel Menino, que mandou uma bomba de longe e exigiu defesa do goleiro Quadrado. Wesley e Zé Rafael também levaram perigo.

Nos minutos finais, Gabriel Veron perdeu boa chance e o árbitro não marcou pênalti em Wesley, derrubado dentro da área. Assim, o vencedor da partida amistosa foi decidido nos pênaltis. Victor Luis, Luan, Alan, Gabriel Menino, Willian, Emerson Santos, Wesley, Ramires, Mayke e Veron marcaram. Só Jailson não bateu porque defendeu a cobrança de Velásquez.

O Palmeiras volta a jogar no sábado, contra o New York City, ainda pela Florida Cup. A primeira partida oficial da temporada será na próxima quarta-feira, diante do Ituano, pela estreia do Campeonato Paulista.

Fonte: Metrópoles

Vitória   Estados Unidos   Palmeiras   Florida Cup   Pênaltis  

Mais em Esporte

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.