Polícia
Jovem espanca aluna em frente de escola e familiares pedem justiça
Ana tem 18 anos e fugiu depois de o vídeo com os ataques viralizar. Com medo, a vítima não voltou mais às aulas

Por R7
Publicado 14/11/2019
A A
Foto: Divulgação

Uma aluna de 17 anos da Escola Estadual Luiza Mendes Correa Souza, no Jardim Independência, zona leste de São Paulo, foi flagrada sendo atacada por uma ex-estudante de 18 anos. No vídeo, é possível ouvir a vítima dizendo: "não tô fazendo nada, você tá louca?". As informações são da Record TV.

As imagens são fortes e mostram a garota recebendo chutes, joelhadas, socos e sendo arrastada pelo cabelo, sem esboçar qualquer reação. Outros estudantes vêem a cena, mas pouco interferem nas agressões. Na gravação, a vítima aparece com o nariz sangrando. "A cabeça dói, meu ouvido sangra, sinto muita dor e de noite eu não aguento", revela a adolescente.

O vídeo termina mas, segundo a vítima, os ataques só pararam quando ela foi jogada para baixo de uma escada. A adolescente foi então socorrida por uma professora. 

A vítima não se identifica mas conta que, desde o episódio, não voltou mais às aulas e nem ao estágio. "Tenho medo de sair de casa e encontrar com ela". A mãe da adolescente afirma que a vida deles parou e cobra justiça: "Ela foi para matar porque olha o chute que ela deu na cabeça da minha filha", disse indignada.

A agressora é Ana C., de 18 anos. Ela teria fugido para outro estado após o vídeo viralizar nas redes sociais. As duas teriam estudado juntas por poucos meses, mas não tinham contato. O caso é investigado pelo 42º DP.

Em nota, a Diretoria de Ensino informou que repudia qualquer ato de violência e que prestou ajuda à aluna. 

Fonte: R7

Briga   Justiça   ATAQUE   Vítima   Aluna   AGRESSÃO  

Mais em Polícia

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.