Geral
Coluna: Porta aberta por Fernando Garcia, 8 de novembro de 2019

Por Fernando Garcia
Publicado 08/11/2019
A A
Foto: Divulgação

Beleza

O prefeito Luizão do Trento, acaba de anunciar que vai modificar todo sistema de luminárias da avenida 25 de Agosto, com lâmpadas Led. Realmente se concluídas deveras vai ficar um espetáculo, visto que há quase trinta anos, foram fincados os postes da falada Eletrojan, que hoje carece de uma atenção especial. O prefeito garante que é uma parceria com a Energisa, todavia, esse baiano apreciador de um punhado de uma boa farinha torrada, também sugere que a mesma reposição das luminárias, sejam estendidas para à avenida Norte Sul, tão importante quanto à avenida 25 de Agosto.

Colocar redutores

Nos últimos dias o trânsito vem ceifando várias vidas em Rolim de Moura, onde esse tipo de violência vem operando no município de forma rotineira, sem nenhuma providência que possa ser evitada. O assunto em meios de comunicações e em redes sociais, são debatidos constantemente, onde muitos ainda exigem as tartarugas ou outros modelos que sirvam como amortecedores de velocidade, entretanto, outros são contrários. Entre as sequelas, a morte e a vida, logicamente devemos ficar com a última opção, então, que as autoridades optem pelos redutores de velocidade nos pontos com mais violência no trânsito dentro da cidade.  

Mais atenção

O bairro Industrial de Rolim de Moura, vem crescendo de forma assustadoramente, onde várias residências estão sendo edificadas com muitas casas com novo visual moderno. Como sempre prefiro minhas caminhadas por bairros diferentes da cidade, deparamos que o poder público precisa fazer também investimentos prioritários, como escola, creche e posto de saúde, para que possa atender obrigações constitucionais. Tomara que dessas dezenas de quilômetros de asfalto anunciado pela administração, algumas ruas daquele bairro possam ser contempladas.

Pegando sobras

Sem nenhum representante estadual na Assembleia Legislativa, o município de Rolim de Moura, sofre como se fosse uma criança chorando por um pedaço de pão. Os únicos da região é Jean de Oliveira, de Alta Floresta, que ao que tudo indica nunca fez uma visita ao prefeito, Luizão do Trento, os outros são Crispim de São Miguel, Cirone e Fúria, este último conseguiu uma emenda de 50 Mil Reais, que estão sendo aplicados no Título Já. Fúria por ser do mesmo partido do prefeito Luizão do Trento, (PSDB), poderia sinalizar com mais recursos, porém, fica aí a lição de que na próxima, os rolimourenses escolham candidatos da casa. O deputado laerte Gomes, também do (PSDB), acerca de três meses prometeu uma emenda para compra de emulsão asfáltica, para serem aplicados na operação tapa-buracos, mas, até agora, continua tudo como dantes no quartel de Abrantes. 

Preocupação barata

Com a onda de repressão política na Bolívia, após o resultado das eleições que deram a vitória para Evo Morales, assumir o quarto mandato consecutivo e, sobre protesto de oposição e segmentos da população, o que se observa aqui na classe política brasileira, são os mais diversos pedidos, para Consulados, Embaixadas e o escambau em favor dos milhares de estudantes, esparramados em Lapaz, Cochabamba e Santa Cruz de la Sierra. Uma verdadeira encheção de linguiça, pois, os pais desses estudantes gostariam mesmo, era que os políticos fizessem frente no Congresso Nacional, criando mecanismos para aumentar o número de vagas nas Universidades Federais, e que o Ministério da Educação, abrisse condições através do inalcançável FIES  para os pretensos candidatos ao curso de medicina. 

Mantê-los aqui

Os estudantes de medicina na Bolívia e noutros países da América do Sul, não estão querendo essa piedade “barata” da classe política, eles querem mesmo é ter acesso ao curso em seu país, coisas e atitudes que esses detentores de poderes, instalados em Brasília, não conseguem resolver. Mas se for para instalar uma faculdade de medicina particular em qualquer lugar do Brasil, corre numa rapidez que ganha para a velocidade do som, com a conivência do Ministério da Educação via Capes e claro, com apoio de dezenas de deputados e senadores, afinal, são interesses que gira entorno de amizades e muitas barganhas. Já não bastasse essas intempéries, os estudantes brasileiros no exterior, ainda são marginalizados pela alta cúpula do Conselho Federal de Medicina, com a complacência do próprio Governo Brasileiro que não se impõe para à aplicabilidade do Revalida, chegando a demorar mais de dois anos, entretanto, continuam falando aos quatro cantos que é preciso revalidar, como, se eles prevaricam.     

Ausente

Cresce o número de apostas em Rolim de Moura, sobre a vinda do governador Marcos Rocha, que decorridos mais de dez meses ainda não pisou em solo rolimouresnse. Provavelmente a votação deve ser feita no grupo Eleições Rondônia, o mais badalado do Estado e, os preparativos devem começar a partir do dia dez de novembro, segundo um dos organizadores. Corre a boca miúda, que o vice-governador Zé da Jodam, não anda muito satisfeito com o tratamento recebido por MR, e até agora alguns pequenos pleitos solicitados pelo vice, para beneficiar sua cidade Rolim de Moura, o governador fez ouvido mouco. Na verdade, todos são provas do quanto o vice-governador Zé da Jodam, tem empreendido esforços, mas, infelizmente não está tendo a recepção calorosa por parte do governador e, coisas minúsculas já poderiam ser solucionadas se o governador Marcos Rocha, considerasse a labuta do dia-a-dia de seu vice, que percorre o Estado inteiro, mas não pode mais se expor, quando o assunto exige a firmeza de que vai ser realizado.

Muito importante

O prefeito Luizão do Trento, tem se esmerado bastante para inaugurar as duas creches da cidade, que estão paralisadas há quase dez anos. Estão previstas mais de 500 vagas nas duas creches, o que sem dúvida vai aliviar bastante, beneficiando centenas de mães que não tem com quem deixar seus filhos para irem enfrentar as jornadas de trabalho. A creche Menino de Jesus, que fica na parte central da cidade, praticamente é invadida por pessoas que possuem condições, mas, preferem tomar o lugar de quem não disponibiliza de recursos, embasados sempre na resposta de que educação é dever do Estado, e quem passa pelo local as 7 horas da manhã, observa que parece mais o salão do automóvel, visto a variedades de carros possantes de diversas marcas deixando seus pimpolhos.  

Rixa de associações

Realmente foi um grande investimento as instalações da Feira do Agricultor, recursos carreados pelo senador Acir Gurgacz. Infelizmente o local é palco de disputa por lideranças de duas associações, uma que funciona dentro da construção dotada de excelente estrutura, com box inclusive com instalações de água e um bom espaço físico. Mas nada adiantou porque existem divergências entre os presidentes, o que de fato sobra bastante box para serem ocupados, visto, que outro grupo prefere ficar do lado de fora onde seria exclusivo para estacionamentos de veículos. Nessa época de chuva vira um verdadeiro Deus-nos-acuda, e os barraqueiros preferem continuar do lado de fora, mesmo com chuva, vai entender. 

 Sub-judic

A eleição da UMAM, ainda não tem nada definido, visto que o candidato Agnaldo Pereira da Silva, o Nego Som, juntamente com sua diretoria protocolaram uma petição, ao Ministério Público, pedindo a invalidade da eleição, uma vez que ocorreu falhas clamorosas no dia da votação. Nego Som, também enviou ofício para que a diretoria da União Municipal das Associações de Rolim de Moura (UMAM), não desse posse a nova diretoria, até a resposta do Ministério Público, sobre imbróglio. Agnaldo Pereira, o Nego Som, solicita da diretoria mudanças no Estatuto para que todos os eleitores dos bairros possam votar, dentro do mesmo formato que é feito para o Conselho Tutelar, e para isso é necessário a participação de um observador da Justiça Eleitoral. 

Pela culatra 

Um efeito devastador contra a cantora forrozeira, Márcia Felipe, que se declarou contra a canonização da baiana Irmã Dulce. Em vários estados nordestinos, a resposta veio de imediato, à população de Guarabira, Paraíba, através das redes sociais, onde a maioria dos Shows da cantora Márcia Felipe, são oriundos de festejos com ligações a maioria de Santos bastantes populares no nordeste, dentre eles, Santo Antonio, Nossa Senhora de Aparecida, Nossa Senhora de Fátima, São João e São Pedro. Diante das declarações da forrozeira, houve uma revolta das pessoas fervorosas, exigindo que as prefeituras onde já tinham shows marcados com a cantora para o mês de junho de 2020, fossem todos cancelados e prontamente aceitos pela maioria dos prefeitos, Márcia quis se retratar, mas foi tarde demais, velho ditado, boca fechada não entra mosquito. 

Maneirar 

À Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (ALE), ao que tudo indica não tem lá certos critérios para fazer entrega de títulos, basta algum deputado querer condecorar um amigo ou cabo eleitoral, e tome medalhas aleatoriamente. Conceder uma homenagem é preciso ter feito algo de grande relevância para a comunidade ou um ato de bravura, para que possa ser homenageado de forma justa e satisfatória embasado num contexto social de grande valia. Independente da honraria concedida, não se pode sair por aí esparramando homenagens porque alguém é simplesmente educado. 

Fonte: Fernando Garcia

Coluna   Fernando Garcia   Porta aberta  

Mais em Geral

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.