Geral
Palavras do Padre Reginaldo Manzotti
"Que Deus o conserve e que o vivifique. O faça bem-aventurado na Terra e que não seja entregue à vontade dos seus inimigos."

Assessoria de Imprensa
Publicado 11/10/2019
Atualizado 11/10/2019
A A
Foto: divulgação

Filhos e filhas,
 

Nós, brasileiros, estamos em uma semana mariana. Podemos dizer assim porque no próximo final de semana celebramos Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora de Nazaré, esta em especial na região norte do país, mas Mãe de Deus e de todos nós.

Que alegria celebrar Nossa Senhora. Maria é a melhor companhia para nos aproximarmos do Senhor. Então, vamos aproveitar essa semana e por intercessão de Maria, aumentar nossa intimidade com Deus.

Maria é modelo de fé. Disse Santo Agostinho: “Mais bem-aventurada, pois, foi Maria em receber Cristo pela fé do que em conceber a carne de Cristo. A consanguinidade materna, de nada teria servido a Maria, se Ela não se tivesse sentido mais feliz em acolher Cristo no seu Coração, que no seu seio”.

Maria é a Mãe da Igreja, a mãe que intercede por nós junto a Jesus. Como nas Bodas de Caná, ela continua a ver nossas necessidades e levá-las ao Filho. Ao mesmo tempo continua sempre a nos dizer: “Façam tudo o que meu Filho vos disser” (cf. Jo 2,5).

São Francisco de Sales nos ensina: “Não existe devoção a Deus sem amor à Santíssima Virgem”. E podemos citar tantos outros santos que nutriam a espiritualidade com amor e devoção a Nossa Senhora. Entre eles, aquela que será canonizada domingo, dia 13, Santa Dulce dos Pobres, o Anjo bom da Bahia.

A jovem Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes ouviu o chamado de Deus para um serviço especial junto ao seu povo, em particular os pobres, os doentes e aqueles que eram rejeitados. Deixando tudo, tornou-se religiosa na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus e é designada para um serviço em sua cidade.

Por fidelidade ao chamado de Deus, de cuidar dos mais necessitados, aquela frágil mulher enfrentou poderosos (dentro e fora da Igreja), pois no seu coração, os clamores dos pobres sofredores inteiramente desamparados gritava cada vez mais forte. Foi quando ela tomou a decisão de entregar-se completamente a esta causa, abrindo uma casa para acolher doentes por ela encontrados nas ruas e todos que vinham bater à sua porta.

Que possamos aprender com Santa Dulce o cuidado com os mais necessitados e não medir esforços para sempre fazer a vontade de Deus.

Quero terminar essa mensagem pedindo orações pelo nosso Pontífice, Papa Francisco, pelo Sínodo para a Amazônia, para que os frutos deste encontro sejam de vida e fé para uma região com muitos olhares, porém poucos cuidados.


Oremos pelo nosso Pontífice, Francisco:

"Que Deus o conserve e que o vivifique. O faça bem-aventurado na Terra e que não seja entregue à vontade dos seus inimigos. Amém!"

Deus abençoe,

Padre Reginaldo Manzotti.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Mensagem   Padre Reginaldo Manzotti  

Mais em Geral

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.