Geral
DIA DAS CRIANÇAS: Ana Carolina Jatobá e Suzane Richtofen são beneficiadas com “saidão”
Elize Matsunaga, condenada por matar o então dono da Yoki, esquartejar e colocar o corpo numa mala, sai da cadeia pela primeira vez desde 2012

Por Jornal Brasilia
Publicado 11/10/2019
A A

Condenadas por assassinatos que marcaram o noticiário brasileiro à época, Ana Carolina Jatobá, Elize Matsunaga e Suzane von Richtofen ganharam o dinheiro de passar o Dia das Crianças com a família. As três foram liberadas na manhã desta quinta-feira (10). 

Suzane foi condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais, Manfred e Marísia von Richtofen. Ela, o namorado, Daniel Cravinhos, e o primo dele, Christian Cravinhos, mataram as vítimas com marretadas na cabeça. A intenção de Suzane era caracterizar um latrocínio, passando despercebida a articulação dos três para matá-los e ficar com a herança.

Elize Araújo Kitano Matsunaga foi condenada em 2016 por dar um tiro no marido, Marcos Kitano Matsunaga. Em seguida, ela esquartejou o homem, presidente da companhia de alimentos Yoki, e guardou o corpo numa mala. Justificou-se afirmando que sofria constantes agressões do companheiro.

Ana Carolina Jatobá foi condenada por arremessar de uma altura de seis andares a filha de Alexandre Nardoni, Isabella Nardoni, na zona norte de São Paulo. Antes de jogar a criança, ambos a asfixiaram e a deixaram inconsciente.

Durante a liberdade provisória, as criminosas não podem ficar na rua entre 20h e 6h da manhã e nem consumir bebida alcoólica, sob pena de regressar ao regime fechado. Após o feriado, elas voltam à prisão.

Fonte: Jornal Brasilia

Liberdade Provisoria   Saidinha   benefício   FERIADO   dia das crianças  

Mais em Geral

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.