Rolim de Moura
Projeto: “Acolha: A Infância Pede Socorro” em Rolim
Denunciar é o primeiro passo para romper o silêncio contra esse crime.

Por Mário Jensen
Publicado 13/09/2019
Atualizado 13/09/2019
A A
Fotos: Rolim Notícias

Em Rolim de Moura (RO), está sendo desenvolvido o Projeto: “Acolha: A Infância Pede Socorro”, que tem como objetivo mobilizar ações de combate e enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes no município. 

O projeto é coordenado pelo Grupo de Enfrentamento, composto pela Comissão Intersetorial da Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Assistência Social e Secretaria Municipal de Saúde, e também Câmara Municipal, Conselho Tutelar, Conselhos de Direitos, Organizações não Governamentais, Faculdades, Clubes de Serviços e demais segmentos.

A equipe do Projeto esteve presente Praça Estação de Cidadania e Cultura, Bairro Beira Rio, falando sobre a importância do projeto para a comunidade e de acordo com assessora da Secretaria de Assistência Social, Sirlene Custodio, o Projeto será desenvolvido em dez escolas municipais e nesta quinta-feira, dia 12, está sendo realizado o lançamento com todos os representantes das escolas, o projeto terá a duração de aproximadamente dois para ser desenvolvido, em prol das crianças e adolescentes. 

Com o objetivo de incentivar o trabalho com o projeto, a escola e os alunos serão premiados, como destaca Sirlene Custodio; “a escola irá receber o troféu e os alunos serão premiados com medalhas, camisetas e boné.  O Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), que mantem esse projeto, ele foi desenvolvido através do PAIF, que custeia as despesas do projeto como; camisetas, bonés, chaveiros, medalhas e troféus”, destaca Sirlene. 

Na escola Dionísio Quintino nós estamos em ação, todos empenhado em prol das crianças e o trabalho tem surtido efeito, as crianças estão sendo mais protegidas, enfatiza a Orientadora da Escola, Maria Aparecida da Silva. 

Disque 100

O Disque Direitos Humanos é um importante canal de comunicação do Estado com a sociedade, disponível 24 horas incluindo sábados, domingos e feriados. As chamadas são gratuitas e podem ser originadas de qualquer terminal telefônico (fixo ou móvel), em todo o território nacional. Trata-se de serviço de utilidade pública, considerado o “pronto socorro” dos direitos humanos, por meio do qual podem ser relatadas violações que acabaram de ocorrer ou que ainda estejam em curso, essencial para se romper o ciclo de violência.

Denunciar é o primeiro passo para romper o silêncio contra esse crime.
 

 

Fotos: Rolim Notícias
Fotos: Rolim Notícias

Fonte: Rolim Notícias

Proteção   Projeto   Acolha   A Infância Pede Socorro   Rolim de Moura  

Mais em Rolim de Moura

Notificações

Se você gostou do nosso conteúdo, podemos lhe enviar notificações push sobre postagens selecionadas.