Jovem é assassinado com 11 tiros na Zona Rural de Porto Velho
Um jovem de 24 anos morreu após levar 11 tiros na noite do último domingo (22) no ramal Riacho Azul, na Zona Rural de Porto Velho. A vítima estava acompanhada da esposa no momento do crime. Nenhum suspeito foi preso.

De acordo com a esposa da vítima, ela e o marido estavam indo para a casa de uma tia quando ele viu uma jaqueta jeans estendida na estrada. O homem estava no banco do passageiro e pediu para parar o veículo. A mulher relatou que em dado momento ouviu disparos de arma de fogo, e em seguida ela arrancou com o carro e pediu ajuda na casa da tia.

Na volta, a mulher trouxe um amigo até a cena do crime. A dupla encontrou o homem agonizando, o colocou no banco do carona e o socorreram até a casa dos avós da vítima. Contudo, ao chegarem ao local, constataram que o jovem já havia morrido. A Polícia Militar (PM) foi acionada e informada sobre o crime.

Em seguida, a perícia foi acionada e no local constatou que a vítima havia levado 11 tiros, sendo quatro nas costas, três na barriga, um no braço direito e três tiros no quadril. Um dos disparos atingiu o vidro traseiro do carro do casal. Nos locais foram encontrados ainda dois projéteis calibre 380 e mais um dentro do veículo do mesmo calibre. Após a perícia, o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Os investigadores da Polícia Civil questionaram a mulher sobre um possível suspeito do homicídio. A testemunha relatou que um homem que mora no mesmo local tinha uma desavença com o marido, e que eles já quase haviam se agredido.

Ela relatou ainda que, durante o domingo (22), o suspeito enviou uma mensagem ao amigo da vítima afirmando que iria matar o jovem. O suspeito não foi encontrado e o caso é investigado pela Delegacia de Homicídios da cidade.