Homem flagra traição, mata amante e arrasta esposa nua pela rua.
O homem que matou o amante da esposa foi preso no início da tarde desta quinta-feira (5) na cidade de Pedreiras.

Depois de matar o amante, o assassino arrastou a companheira nua pelas ruas do mercado municipal. Ele foi identificado como Luciano Luan Santos Lopes.

O crime ocorreu no momento em que o casal foi flagrado em um motel nas proximidades do mercado, no meio da manhã de hoje, no centro de Pedreiras. A vítima foi um idoso, aposentado.

A cena do assassino arrastando a mulher nua pelas ruas foi registrada por muitas pessoas que estavam nas proximidades.

Ninguém tentou evitar a agressão porque o homem estava com a arma em punho.

Entenda como tudo aconteceu

O assassinato foi registrado na manhã desta quinta-feira (5), na cidade de Pedreiras, cerca de 276 quilômetros de São Luiz, capital do Maranhão (MA). O acusado de ter cometido o homicídio foi identificado pelas autoridades locais como Luciano Luan Santos Lopes.

Ele é acusado suspeito de ter assassinado um idoso em um quarto de motel, após o ter flagrado mantendo relações sexuais com sua esposa. Ele foi preso em flagrante.

Segundo informações repassadas pela Polícia, Luciano já estava desconfiado que a esposa estava tendo um caso amoroso fora do casamento. Então, resolveu seguir a esposa e a flagrou entrando em um motel. Após alguns minutos, o acusado entrou no local e flagrou a esposa e o amante mantendo relações sexuai. Luciano ficou enfurecido e começou agredir o amante com várias pancadas na região da cabeça. A vítima morreu com as agressões.

Marido arrasta a esposa nua pelas ruas do bairro após flagrar ela com amante

Após cometer o assassinato, o homem rasgou a roupa da esposa e a fez andar nua pelas ruas do bairro. Todo o incidente foi gravado por populares que passavam pelo no local.

Nas imagens é possível ver com clareza o acusado puxando a esposa pela braço e pelos cabelos.

Ela está nua na frente de uma grande multidão. As imagens foram divulgadas em redes sociais e logo viralizaram.O socorro foi acionado por testemunhas, relatando que um homem havia sido agredido em um motel.

Porém, quando os socorristas chegaram ao local, não puderam fazer mais nada pelo idoso, que já estava morto. A polícia também foi acionada e esteve no motel. O local foi isolado para o trabalho da perícia. Logo após, o corpo do idoso foi recolhido e levado para o IML (Instituto Médico Legal) da cidade. A polícia fez uma ronda na região e conseguiu prender o suspeito horas depois.

Luciano foi encaminhado para a delegacia de Pedreiras para prestar mais informações sobre o homicídio. Após o depoimento, ele foi levado para um presídio da cidade, onde ficará à disposição da Justiça. A polícia não informou se a mulher sofreu ferimentos graves e precisou de atendimento médico. Um inquérito policial foi aberto e caso está sendo investigado.